Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

não afaga não

cheguei como quem não quer nada
no meio da madrugada
olhando sem fazer pergunta
Deixei a torta de climão na mesa
Quando tive alguma certeza
Pensei ou é agora ou nunca

aperta sem me abraçar
me beija sem me iludir
passa a noite se quiser
vá embora sem despedir

eu quero beijo no pescoço
mas sei muito bem distinguir
se quiser pode até ficar

Mas não afaga não
Afunda uma língua na outra
Afoga a magoa em minha boca
Respira e vai bem devagar

(Relaxa aí)

É uma noite só
Aproveita que hoje eu to solta
Que minha vida tá bem louca
Me usa sem me afagar

Bendito seja o profano desejo
A vontade carnal
Que provo toda vez que não duvido do que é inato
Liberta, a coragem dos bem aventurados
sagrado seja o prazer efêmero
Da carne na carne
Que não dura mais que uma noite
Sem culpa no cartório divino, bendito seja
que não haja laço que nos amarre
anel que nos vincule
Que não haja afago que nos afete
O que é inato
é a vontade
Samantha Jones
Enviado por Samantha Jones em 09/01/2019
Código do texto: T6546530
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Voce deve citar a autoria de SAMANTHA JONES). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Samantha Jones
Resende - Rio de Janeiro - Brasil, 21 anos
52 textos (596 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/06/19 20:34)
Samantha Jones