Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rugas precoces


Hoje bem cedo
Olhei meu rosto
No meu espelho,
E murmurei,quase em segredo,
Deus do céu,como estou velho,
Eu acabei!
Ainda ontem
O meu espelho,hoje impiedoso,
Exibia em seu cristal
Meu rosto moço e esperançoso,
Rugas precoces
Marcam o rosto dos solitários,
E vão fazendo itinerários,
Caminhos de solidão
Que em ziguezagues,
Pela face em cada canto
Abrem alas para o pranto
Que nos sai do coração;
Dizem que por trás
Dos feitos de um grande homem
Existe sempre o calor
De uma grande mulher,
Mas, as minhas rugas
E os meus cabelos brancos,
São trancos
Que levei de uma qualquer,
Aconteceu comigo
Uma história diferente
Por ela envelheci precocemente.
Adelino Moreira
Enviado por RIOMAR MELO em 10/09/2019
Código do texto: T6741862
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
RIOMAR MELO
União da Vitória - Paraná - Brasil
9506 textos (136739 leituras)
1 e-livros (33 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/19 09:22)
RIOMAR MELO

Site do Escritor