Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tranqüilizante para inconformidades

Eu tranqüilizei minha alma com o tédio
Troquei canais de calma por sexo
Escrevi em minha palma a palavra “inferno”
E assim, meu bem, eu me rendi...

Tranqüilizei dúvidas com anestesias
No reino das perguntas eu respondi com fantasias
E busquei a existência da puta divina
Para que no fim, meu bem, eu me rendesse...

E assim, na putrefação mais adequável, querida.
Fiz da minha escuridão um aliado à vida

Porque você sabe o quão desagradável é a rotina
Que caminha lado a lado com o dia-a-dia...

Meu bem, estou infernizado
Pelas coisas simples da vida...

Eu tranqüilizei os sonhos com a televisão
Troquei canais de santo por banalização
Escrevi no meu canto a palavra “putarização”
E assim, meu bem, eu me rendi...

Tranqüilizei minhas ambições com conformidade
No reino das associações me alie a enfermidade
E busquei a puta dos corações em nossa sociedade
Para assim, meu bem, me render...


E assim, na putrefação mais adequável, querida.
Fiz da minha escuridão um aliado à vida

Porque você sabe o quão desagradável é a rotina
Que caminha lado a lado com o dia-a-dia...

Meu bem, estou infernizado
Pelas coisas simples da vida...

Agora eu durmo mais tranqüilo
Na despreocupação do amanhã ser divino
Se é do inferno que buscamos o paraíso
Vivi muito tempo no deserto do compromisso
Agora, eu durmo mais tranqüilo.
 
Maycon Batestin
Enviado por Maycon Batestin em 10/10/2007
Código do texto: T688716
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maycon Batestin
São Paulo - São Paulo - Brasil, 33 anos
2645 textos (108286 leituras)
3 e-livros (207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 21:56)
Maycon Batestin