Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aonde tudo vai morrer

Eu vivo sozinho , sozinho
com meus demônios
no vazio aonde tudo vai morrer
fases e lamentações

parece que tudo esta acabando
e tudo tem um sentimento
ainda sinto o rasgo na minha alma
perdido, sentido

Eu sou
aquilo que eu temia
me tornei o fim da estrada
mas ela sempre esteve vazia
aonde tudo vai morrer

O sol se foi
mas ainda há forças pra lutar
quantas vezes eu desisti
e quantas vezes resisti
ainda que parece perdido
tudo vai recomeçar
antes que seja o fim

pequenos versos não vão amenizar
toda angústia que sinto
um guerreiro golpeado
um orgulho ferido

mas amanhã é outro dia
nessa terra de ninguém
eu estarei no amanhã também
como uma águia

Eu sou
aquilo que eu temia
me tornei o fim da estrada
mas ela sempre esteve vazia
aonde tudo vai morrer
Poesia armada
Enviado por Poesia armada em 03/07/2020
Código do texto: T6994929
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Poesia armada
Apucarana - Paraná - Brasil, 31 anos
173 textos (4592 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/08/20 06:29)
Poesia armada