Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Acasos e Destinos

Há coisas que acontecem tão de repente
surpreendentemente inesperadas
e a gente busca os rastros veemente
que nada! Pura casualidade.
eu me pergunto então
será mesmo por acaso?
e me interrompo com um “não”
não pode ser...

Não sei se por destino ou desatino
é como um “sonho lindo” (ou coisa assim)
amamos e existimos e isso é muito
e o amor não liga muito pra questões de espaço
eu te pergunto então
será que é complicado?
é sim. Mas porque não
se o impossível já aconteceu?

Se todo amor tem uma história
não se admire por ter sido assim
eu não pedi pra conhecer você agora
mas te amaria ainda que te encontrasse
estranhamente de repente por aí
ainda que soubesse quase nada de você
e cantaria sonhos e baladas para nós
e não duvidaria do que ainda pode vir

(Fev/2006)
Éverton Vidal Azevedo
Enviado por Éverton Vidal Azevedo em 25/11/2007
Reeditado em 06/05/2008
Código do texto: T752354

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Éverton Vidal Azevedo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Éverton Vidal Azevedo
Bolívia, 34 anos
40 textos (2358 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 21:13)
Éverton Vidal Azevedo