Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IRMÃZINHA

Eu sempre quis uma irmãzinha
de fé e de balada
eu vivo sozinho
não tenho com quem deitar

Eu gosto das meninas atrevidas
que por mim se deixam explorar
a rua me chama
o carro soslaia meu olhar bebido

O dia é da caça - a lua, olho do caçador,
a verdade é feita de estórias
mal contadas
troco o sangue, compro o passado

Eu sempre quis uma irmãzinha
de fé e de balada
boas maneiras
ajudam a enterrar a lei, eu sei

Quem sabe um dia
eu encontro a verdade
buscando de quebrada
explicação e sacanagem

Eu sou uma criança
na mão do Universo
no sexo brinquedo
na rua os sonhos da alma eu bebo
Eriko y Alvym
Enviado por Eriko y Alvym em 27/11/2007
Reeditado em 23/03/2009
Código do texto: T755113

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (ERIKO ALVYM e www.erikoalvym.zip.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eriko y Alvym
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1310 textos (32846 leituras)
8 áudios (1083 audições)
2 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 20:08)
Eriko y Alvym