Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEIOS DE COMUNICAÇÃO - Aula no Ensino Médio


 
INTERPRETAÇÃO das MENSAGENS dos meios de comunicação ou MÍDIA.
 
A mídia informa e aproxima os membros de uma ou várias sociedades - RÁDIO (imprensa falada), TELEVISÃO  e IMPRENSA (jornal, revista) -, influenciando grande número de pessoas.  Necessário conhecer a diversidade de mensagens, suas formas e códigos e saber interpretá-las criticamente.
 
1-MENSAGEM JORNALÍSTICA - Utiliza 3 códigos:  linguístico, icônico e tipográfico, destacando a importância e a intenção da mensagem transmitida.   -----     O código linguístico deve ter clareza e precisão - frases curtas, de preferência em ordem direta;  relato conciso de fatos em poucas e significativas palavras;  estilo atraente, rapidez e vivacidade atraindo a atenção do publico leitor.   -----   O código icônico ou iconográfico utiliza fotos, imagens, desenhos, gráficos, mapas e diagramas para informação mais relevante, explícita ou enfática, recursos com função puramente denotativa ou também conotativa.   -----   O código tipográfico utiliza vários recursos:  1-Localização (espaços preferenciais) - melhores posições, como a primeira capa do jornal e de cada seção (local, nacional, internacional, esportiva e cultural) e páginas ímpares - em cada página, preferencialmente a metade superior e, na vertical, metade da direita .  2-Contexto - notícia em destaque ou diminuída, de acordo com o conteúdo das outras notícias na mesma página.  3-Tipo e corpo das letras, aumentando ou reduzindo o efeito da notícia.
 
2-LINGUAGEM JORNALÍSTICA - O mensageiro jornalista deve atingir um público de cultura média - expressão clara e direta, sem frases equívocas ou ambíguas, conceitos ou fatos/acontecimentos comunicados em sintaxe direta, vocabulário objetivo e variado, gramaticalmente correto.
 
3-TEXTOS INFORMATIVOS - Relatam e divulgam, clara e objetivamente, fatos da atualidade - notícia, entrevista e reportagem são diferentes tipos de informação, com estruturas diferentes.   -----   Notícia - Relato objetivo de acontecimento atual de interesse geral, acompanhado das circunstâncias explicativas dignas de destaque - insólito, conflitos, delinquência, culto ao herói, fama... valorizadas importância, proximidade, veracidade e oportunidade.   Estrutura da notícia - Quase fixa, dividida em 3 partes:  manchete, lead e corpo da notícia;  exemplo de notícia (novela) policial:  apresentar o crime, 'explicar' o fato e progressivamente chegar ao criminoso (dados e circunstâncias que rodeiam o fato):  1-Manchetes identificam, classificam as notícias e despertam a atenção do leitor, geralmente acompanhadas de um subtítulo, chamado de 'olho' no jargão jornalístico.  2-Lead é a cabeça da notícia, isto é, um parágrafo resumitivo dos dados essenciais da notícia, esquema narrativo das perguntas "o quê, quem, quando, onde, como e por quê" - função dupla de captar a essência da notícia e ao mesmo tempo prender a atenção do leitor.  3-Corpo da notícia - sucessão de parágrafos organizados numa estrutural piramidal invertida, isto é, dados apresentados em ordem decrescente de importância.   -----   Entrevista - Diálogo do jornalista com uma ou mais pessoas, acompanhado de pausas e apartes..  Os temas tratados podem ser aspectos biográficos (pessoais) do entrevistado, opiniões sobre determinado assunto ou fatos de interesse geral - perguntas claras, diretas, relacionadas entre si e ordenadas.   ---   Reportagens informativas, o forte das revistas.  Características:  texto sobre fatos pesquisados pelo jornalista, de interesse para leitor;  menor atualidade que a notícia;  múltiplos assuntos (desastres de trânsito, costume de um povo, lazer da juventude atual);  mesma estrutura da notícia, prendendo a atenção do leitor desde o lead;  relato na terceira pessoa, reduzindo a subjetividade do repórter.
 
4-TEXTOS INTERPRETATIVOS E OPINATIVOS - Explicam os fatos, situando-os no contexto em que ocorreram - as ideias partem do conhecimento dos fatos e suas repercussões, dando mais importância a avaliação-opinião-análise do autor ou do jornal, misturadas considerações objetivas e subjetivas.  Destacam-se aqui editorial, crônica, artigo de opinião ou comentário, charges, sátiras e cartas do leitor ao editor:   1-Editorial - texto sem assinatura que expressa a opinião ou ponto de vista do veículo de comunicação sobre fato relevante ou de atualidade imediata - espaço fixo no jornal ou revista, podendo haver mais de um editorial - título e corpo, como na notícia - no corpo, ideias em ordem crescente e estrutura interna de apresentação do tema:  análise dos fatos, conclusões e consequências dessa análise.  2-Crônica - informação direta e imediata de notícia com caráter interpretativo e valorativo, presente a personalidade do jornalista (origem na antiga crônica medieval, relato-interpretação-avaliação dos fatos, surpreendendo e emocionando o leitor), também divisão em lead e corpo, temas variados (acontecimentos bélicos, esportivos, atualidade política cultural, como estreias e eventos).  3-Artigo de opinião ou comentário - artigo interpretativo e opinativo, avaliando um fato e orientando leitor, explicando de modo pessoal uma notícia, assinatura do autor como responsabilidade da opinião, recursos linguísticos, inclusive literários.  4-Textos satíricos/charges/caricaturas - ironia sobre fatos e críticas às vezes exacerbadas, comunicação estimulante e saborosa.  5-Cartas ao editor - geralmente comentários, denúncias, elogios ou esclarecimento de fatos da realidade, assinada e com identificação do remetente.
 
5-INTERPRETAÇÃO DE UM TEXTO JORNALÍSTICO - Considerar os seguintes itens:  ler o texto em si, inicialmente sem levar em conta outros elementos significativos;  analisar estrutura:  organização, ordem, neutralidade, subjetividade política-ideológica-crítica, linguagem usada;  avaliar signos icônicos e tipográficos (localização, contexto, tipo e corpo das letras, quadros, grafos, desenhos e fotos);  interpretar objetividade ou subjetividade das manchetes.  Ao final, concluir e emitir um juízo pessoal.
 
6-LINGUAGEM DOS MEIOS AUDIOVISUAIS - Utilizam a linguagem jornalística na sua forma oral, a televisão apoiada também na imagem, que exerce grande influência na transmissão da mensagem.  Atualmente, a televisão é o meio de comunicação de massa mais influente na divulgação de modas, costumes e hábitos linguísticos (nem sempre os mais corretos).
 
                                            F  I  M
 



Rubemar Alves
Enviado por Rubemar Alves em 07/04/2019
Código do texto: T6617449
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rubemar Alves
Salto - São Paulo - Brasil, 52 anos
770 textos (36258 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/05/19 04:22)
Rubemar Alves