Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma ilustração simples do surrealismo



Abstrações Aleatórias

Horizontes entranhados no vislumbre de suas próprias complexidades,desafiando o refluir de um sonho exterior, apagaram em seus vestígios cambiantes todas as marcas sensíveis, especialmente as que foram deduzidas da atmosfera volátil dos seus intervalos. Miragens hipotéticas, aspirando a um exclusivo sincronismo, transitaram nas engrenagens de um espelho de curvas paradoxais. Sobravam sombras macias e maciças dos roseirais gigantes, muitas já mergulhando nas bordas rasas do infinito. Segredos de insuspeitável nitidez, cobertos de mares e espantos, rabiscavam sonoros e serenos rastros na pele das fronteiras esparramadas na areia de névoas ausentes. Sinfonias repentinas, escoando-se por labirintos suspensos, desdobravam-se em sentidos isentos de intensidade, memórias inusitadas e abstrações aleatórias...
Carlos Alê
Enviado por Carlos Alê em 25/11/2019
Código do texto: T6803238
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Alê
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
105 textos (12146 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 00:19)
Carlos Alê