Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ideias...

Quantas vezes nos surpreendemos ao constatar que o que pensávamos existir era mera fantasia, inocentemente, acreditamos na concretude de nossos pensamentos, algo como a ilusão da Internet onde confundimos facilmente o mundo virtual com o real.
Por exemplo, às vezes visitamos um site de um produto tão bem exposto, que facilmente acreditamos que ele tenha qualidades muito além da realidade.
A realidade externa é sempre diferente da idéia que temos dela.
As avaliações precisam ser constantemente revistas. Ironicamente, o que pensamos pode não existir, mas tudo existiu primeiro na mente de alguém...em geral isto significa os um peso extra aos nossos pensamentos, como se eles existissem de forma concreta e maciça.
Quando reconhecemos que nossos pensamentos são projeções mentais, devemos ter mais actitude e domínio sobre eles, o autoconhecimento surge à medida que aceitamos desprender-mo nos das velhas crenças e relaxar viver num mundo novo, cheio de novas ideias e propostas, oportunidades, de modo menos tenso e mais próximo ao real, pois o eu que encontrava-se preso ao condicionamento na tentativa de controle da mente, sempre permanecendo imutáveis, fiéis aquela bagatela de pensamentos ultrapassados, e vivenciando a nova era onde temos o controle mas de forma evolutiva e em melhoria contínua, abandonando a tensão, na incansável busca da tão sonhada e almejada busca interior , tornamos flexíveis, conquistamos mais espaço o nosso espaço, ou seja. Uma sensação natural de inteireza e bem-estar, assumindo nossas próprias ideias factor comparado com segurar as rédeas de um cavalo: se quisermos escolher para onde vamos, teremos que mantê-las esticadas pela nossa própria força. Há uma medida justa. Se as segurarmos firmes demais, o cavalo irá parar. Mas se soltarmos demais as rédeas, o cavalo irá disparar e comandar a direcção de nosso passeio. Aliás, assim como nossos hábitos mentais, o cavalo prefere sempre voltar correndo para o seu pasto conhecido. Se quisermos escolher novos caminhos para evoluir teremos que comandar nossos próprios trajectos!
Carolzita
Enviado por Carolzita em 11/04/2006
Reeditado em 11/04/2006
Código do texto: T137571


Comentários

Sobre a autora
Carolzita
Portugal, 46 anos
453 textos (63003 leituras)
5 e-livros (754 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/04/21 13:37)
Carolzita