Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Inscrições ao 7º Brasil Instrumental continuam abertas


Mostra recebe novos talentos até 15 de fevereiro; instrumentistas inscrevem-se ao festival até dia 20 de fevereiro

Nomes como os das cantoras Ná Ozzetti e Rosa Passos, o do compositor Johnny Alf e dos instrumentistas Raul de Souza e Itiberê, estão entre as muitas atrações do 7º Brasil Instrumental, único festival de música instrumental exclusivamente brasileira. O festival acontece de 23 de fevereiro a 4 de março no Conservatório de Tatuí, a 130km de São Paulo. Por nove dias, a cidade que é reconhecida internacionalmente como Capital da Música terá música 24 horas por dia. Será uma mistura de shows, workshops e palestras envolvendo a música instrumental brasileira.

Organizado por Paulo Flores e Paulo Braga, o 7º Brasil Instrumental é reconhecido por sua autenticidade e pelo fato de tornar acessível ao público de São Paulo shows dos maiores nomes da musica instrumental brasileira e dos novos talentos da área.

No Conservatório de Tatuí serão realizados bate-papos, shows e workshops. Já no centro da cidade acontecerão apresentações de alunos da escola e, a partir das 23h, no antigo Alvorada Clube, a tradicional “canja”, com nomes especiais como os do trio Bonsai e Quebrando Galho.

Interessados em participar do evento, receber certificados e garantir ingressos dos shows com antecedência podem se inscrever até o dia 20 de fevereiro. Todos os detalhes sobre as inscrições estão no site www.cdmcc.com.br, incluindo regulamento e ficha de inscrição.

Localizado em Tatuí, a 130km de São Paulo, o Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” é considerado o maior da América Latina com ensino gratuito. Com 3.000 alunos para cursos de todos os instrumentos mais artes cênicas e luteria, o Conservatório é um pólo de formação profissional. Hoje, segundo o Ibope, 50% de seus alunos já atuam e geram renda no mercado musical.

Nesta edição do Brasil Instrumental estarão envolvidos os profissionais Maestro Branco (arranjador); Isaías e Altino Toledo (bandolin); Alex Buck, Cléber Almeida, Celso Almeida, Márcio Bahia e Nenê (bateria); Everton Rodrigues da Silva e Rodrigo Donato (bateria/percussão); Ná Ozzetti e Rosa Passos (canto); Marcelo Candido (cavaquinho); Naylor Proveta (clarinete); Johnny Alf e José Miguel Wisnik (compositor); Bruno Aguillar, Felipe Brisóla, Glauco Solter, Itiberê Zwarg, Paulinho Paulelli, Sizão Machado, Tiago do Espírito Santo e Zé Alexandre (contrabaixo); Andréa Ernst Dias e Paulo Flores (flauta); Gabriel Grossi (gaita); Alex Bitencourt e Alexandre Bueno (guitarra); Guéllo, Marcos Suzano, Rodrigo Moura e Vini Barros (percussão); Ana Cibele Rodrigues, André Mehmari, Benjamin Taubkin, Fábio Torres, Irio Jr., Vitor Gonçalves e Paulo Braga (piano); Gil Jardim (regente); Borguetinho (sanfona); Eduardo Neves (saxofone/flauta); João Paulo Barbosa, Richard Ferrarini, Celso Veagnolli, Cesar Roversi, Hudson Nogueira, Humberto Araújo, Mané Silveira e Vinícius Dorin (saxofone); Azevedo, Raul de Souza e Sidnei Burganni (trombone); Cláudio Cambé Sampaio, Daniel Alcântara, João Lenhari e Rubinho Antunes (trompete); Chico Pinheiro, Daniel Sá, Marco Pereira, Alexandre Bauab Jr. e Israel (violão).

Mostra Brasil Instrumental
Além dos nomes já conceituados, o Brasil Instrumental abre espaço aos novos nomes da música. Por meio da Mostra Brasil Instrumental, que chega a sua 4ª edição, o público confere, antes, todos os promissores grupos brasileiros.

A Mostra permite a dez grupos selecionados um show no mesmo palco das apresentações “principais”, além da gravação de um CD. Uma ajuda de custo no valor de R$ 1.650,00 também é oferecida.

Grupos que tenham música instrumental inédita podem se inscrever, gratuitamente até o dia 15 de fevereiro. Os detalhes estão no site www.cdmcc.com.br.

Atrações do 7º Brasil Instrumental

23 de fevereiro

14:30 – Seleção Oficina Itiberê

21:00 – Show de lançamento do projeto “Benedito Lacerda, o flautista”, com participações especiais de Humberto Araújo, Cambanda, e grupo de choro Quebrando Galho. Direção: Paulo Flores

24 de fevereiro

09:00 às 11:30 - Oficina Itiberê

12:00 – Show - 4ª Mostra Brasil Instrumental

14:30 – Workshop - Humberto Araújo (“Interpretação de Choro”)

16:00 – Workshop – Gil Jardim

19:00 – Show - 4ª Mostra Brasil Instrumental

21:00 – Show - 4ª Mostra Brasil Instrumental

25 de fevereiro

09:00 às 11:30 e das 17:30 às 19:00 – Oficina Itiberê

12:00 – Show - 4ª Mostra Brasil Instrumental

14:30 – Workshop – Daniel Alcântara (“Improvisação”)

16:00 – Workshop – José Miguel Wisnik

19:00 – Show - 4ª Mostra Brasil Instrumental

21:00 – Show - 4ª Mostra Brasil Instrumental

26 de fevereiro

09:00 às 11:30 e das 17:30 às 19:00 – Oficina Itiberê

12:00 – Show - 4ª Mostra Brasil Instrumental

14:30 – Workshop – Sizão Machado (“Prática de Conjunto”)

16:00 – Workshop – Costa Neto (“Direito Autoral”)

19:00 – Show - 4ª Mostra Brasil Instrumental

21:00 – Show - 4ª Mostra Brasil Instrumental

27 de fevereiro

09:00 às 11:30 e das 17:30 às 19:00 – Oficina Itiberê

12:00 – Show - 4ª Mostra Brasil Instrumental

14:30 – Workshop – Guéllo e Proveta

16:00 – Workshop – Chico Pinheiro e Fábio Torres

19:00 – Show – Itiberê e Oficina do Brasil Instrumental

21:00 – Show – Chico Pinheiro & Fábio Torres

28 de fevereiro

10:00 – Bate-Papo – Chico Pinheiro & Fábio Torres

11:00 – Bate-Papo – Itiberê

12:00 – Show – Moderna Tradição

14:30 – Workshop – Gabriel Grossi & Marco Pereira

16:00 – Workshop – Isaías & Israel; Benjamin Taubkin; Rosa Passos e Paulinho Paulelli

19:00 – Show – Gabriel Grossi & Marco Pereira

21:00 – Show – Rosa Passos & Paulinho Paulelli

01 de março

09:00 – Bate-Papo – Moderna Tradição

10:00 – Bate-Papo – Rosa Passos & Paulinho Pauléli

11:00 – Bate-Papo – Gabriel Grossi & Marco Pereira

12:00 – Show – Vinícius Dorin Quarteto

14:30 – Workshop – Marcos Suzano & Deda Ernst Dias

16:00 – Workshop – Irio Jr., Vinícius Dorin e Nenê

19:00 – Show – Trio 363

21:00 – Show – André Mehmari & Ná Ozzetti

02 de março

09:00 – Bate-Papo – Trio 363

10:00 – Bate-Papo – André Mehmari & Ná Ozzetti

11:00 – Bate-Papo – Vinícius Dorin

12:00 – Show – Marcio Bahia

14:30 – Workshop – André Mehmari, piano, e Ná Ozzetti, canto

16:00 – Workshop – Borguetti, Daniel Sá, Marcio Bahia e Marcelo Martins

19:00 – Show – Johnny Alf

21:00 – Show – Borguetinho

03 de março

09:00 – Bate-Papo – Johnny Alf

10:00 – Bate-Papo – Marcio Bahia

11:00 – Bate-Papo – Borguetti

12:00 – Show – Tiago do Espírito Santo

14:30 – Workshop – Tiago do Espírito Santo, baixo; Alex Buch, bateria; e Maestro Branco, arranjador

16:00 – Workshop – Raul de Souza, trombone; Glauco Solter (“Improvisação”)

19:00 – Show – Banda Brasil Instrumental “Maestro Branco”

21:00 – Show – Raul de Souza, trombone

04 de março

09:00 – Bate-Papo – Banda Brasil Instrumental

10:00 – Bate-Papo – Raul de Souza

11:00 – Bate-Papo – Tiago do Espírito Santo

Caros
Segue sugestão de pauta.
Caso necessitem de fotos, basta entrar em contato.
Obrigada
Deise Juliana
 
Douglas Lara
Enviado por Douglas Lara em 01/02/2007
Código do texto: T366156

Comentários

Sobre o autor
Douglas Lara
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 82 anos
517 textos (143007 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 20:29)