Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Jogo de dados ...Dois sonetos explicam o jogo

Jogo de dados

Me encontro parado na praça
Esperando te ver  de relance
No aguardo de  um gesto elegante
Insisto em te ver todo instante

Não tenho coragem em me aproximar
Seria  rejeitado, ou  afastado, pela razão
Seria um lance de jogo de dado, em ação
Imagino o número sorteado, teria que ser impar

Senão vira jogo de azar
Não posso pensar em ser par
O impar deve ser a força maior

Seria uma tragédia minha ação
Só arrumaria confusão
O melhor é não querer atenção.

Por outro lado, se estiver disposta
O mesmo que penso; em encontrar solução
Coisas mal entendidas, criaram uma divisão
As ideias se perderam por causa da intenção;

Oh meu Deus que duvida cruel, se te procurar...
Será o certo? Serei entendido nessa questão?
So quero achar solução, para explicar a ação
Se não fizer, não consigo  sequer imaginar

Chego a conclusão, tenho que te encontrar
Serei aceito, porque me recuso a acreditar
Que você não quer ser vulgar, tens sabedoria para falar

Vou buscar o bom senso de hora marcada
Saberás que tenho que  desabafar
O orgulho é bobo, vou me humilhar...e te procurar!

Me perdoe, não tive intenção de te machucar.
No meu jogo de dados a rodar
Voce é impar, não vai dar par; quer apostar?
Peter Flayng
Enviado por Peter Flayng em 16/04/2019
Reeditado em 16/04/2019
Código do texto: T6624489
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peter Flayng
Curitiba - Paraná - Brasil
115 textos (923 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/05/19 12:10)
Peter Flayng