Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

São Cosme e Damião

Já ia me esquecendo, mas minha colega Nide sempre me lembra. Hoje é o dia de São Cosme e Damião. Que maravilha. Dois irmãos gêmeos e médicos que praticavam a caridade e curavam, principalmente, as crianças. No Brasil, eles estão presentes em muitas casas que não deixam de ver a importância da infância e a força desses santos. Encontramos eles vivos e lindos no Candomblé e na Umbanda e, não raro, associados aos meninos de Angola. Os dois dariam de dez em qualquer ministro da saúde, pois além de curar, tinham muito conhecimento das doenças e também eram promissores na quebra de feitiços e mal feitos direcionados às crianças. Os dois são motivos de alegria e felicidade, trazem harmonia aos lugares e protegem todos em um um grupo coeso em torno da PAZ e da serenidade. Por fim, eram dados à caridade e o amor ao próximo, notadamente aos idosos e aos desenganados por médicos. É comum algumas pessoas distribuírem balas, doces, frutas e guloseimas às crianças e aos adultos que aparecem nas casas para festejar. Acredita-se que trazem alegria, deixando harmonia e felicidade no ambiente da casa. Além disso, os santos praticavam a caridade (caritas), auxiliando, principalmente, pessoas em situações de desamparo, fragilizadas, como crianças, idosos e enfermos. O nome Cosme significa "o enfeitado" e Damião, "o popular".

***
Oração:

Paz e Bem...

São Cosme e São Damião, duas fortalezas de verdade, inicio humildemente pedindo ajuda e cuidado com as crianças que hoje as autoridades querem matar levando-as às aulas. Como não me resta nada e nada tenho por demais, peço encarecidamente aos senhores que iluminem a cabeça de governadores e deputados no intuito de democratizarem a discussão acerca do cuidado e da proteção à criança.

São Cosme e São Damião ajude a esse povo empresário que não sai do governo e que atende somente aos seus próprios interesses. Que deixem de colocar a economia acima da vida e da saúde. Que tratem as crianças como seres humanos e que não as deixem à deriva como se fossem adultas.

Peço que embale o coração desses homens e mulheres sem fé, até os pastores evangélicos, que não atenderam a Cristo quando pediu que as crianças chegassem a Ele. Que todos protejam o ser em liberdade e existência inicial em espírito. Que nada chegue até nossas crianças e que esse vírus, a Covid-19, tenha pena dos pequeninos e  acerte somente os adultos que tenham plano de saúde.

Meu senhor Cosme e meu santo Damião, proteja sob seu manto as crianças pobres, adoentadas, e que pouco tem. Reserve a elas o direito à educação, à saúde , à proteção e à segurança. Que a polícia pare de matar pelo menos os infantes e que o Estado faça valer o ECA e todos os direitos constituídos internacionalmente.

Valei-me São Cosme e São Damião, alegria e felicidade para as crianças que nessa época estão sofrendo dentro de casa. Os pequeninos se matam de saudades dos avós e ansiosos choram a sua presença. Que o governo coloquem todas elas em privilégio em caso de uma vacina milagrosa. Que nossa geração não se estabilize no ódio e no ressentimento que corrói as almas de hoje em dia.

Finalmente, peço a PAZ, que os adultos e jovens se unam em torno do que realmente vale à pena: a garantia da vida das crianças que ainda nada conhecem e que desejam o tudo, como ser o sol, o policial, o professor, o médico, o juiz, a lua e o mar. Que o encanto não se quebre na dura lida com a doença e na ausência desse Estado leviano, rancoroso e protetor de adultos sem fé e respeito aos que tem menos.

Paz e alegria, Amém.

26 de setembro de 2020
Lúcio Alves de Barros
Enviado por Lúcio Alves de Barros em 26/09/2020
Código do texto: T7073132
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Lúcio Alves de Barros
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
478 textos (57383 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/05/21 23:34)
Lúcio Alves de Barros