Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BANHO DE ALEGRIA.


Há momentos nos quais nos perdemos em meio à tristeza e a falta de esperança. Todos passamos por isso e por vezes transmitimos a sensação em cadeia aos mais próximos, simplesmente por eles não nos proporcionarem aquilo que queremos. Nessas horas, vale lembrar que temos direito aos nossos momentos de egoísmo, embora não devamos deitar sobre eles e achar que Deus é injusto conosco. Ele não é, basta dar uma olhada em volta. Depois, devemos acreditar que a sensação de fim de mundo vai passar e que a vida sempre nos ofertará alternativas. Se o recolhimento for necessário é bom explicar aos familiares e aos amigos. No entanto, não nos fechemos para o mundo e para quem nos quer bem. Não nos voltemos contra Deus e sim para ele, pois tenho certeza que tudo que passamos tem uma razão de ser, mesmo que nos seja compreensível naquele momento. Porém, desviemos das culpas e das atitudes auto-destrutivas. Temos que estar preparados para a próxima esquina, onde a felicidade pode nos aguardar.
Parece auto-ajuda? Pois é uma tentativa, sim.  Garanto que já funcionou comigo. Infelizmente não tenho paciência para escrever manuais de auto-ajuda, do contrário uma parte dos meus problemas estaria resolvida. Tomara que eu saia dessa logo, com ou sem Carnaval e que você que se encontra meio down saia mais rápido ainda. Um banho de alegria para quem ler esse post,
É o que desejo.
Evelyne Furtado
Enviado por Evelyne Furtado em 29/11/2007
Reeditado em 11/09/2010
Código do texto: T758195

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Evelyne Furtado
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
974 textos (122264 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 23:09)
Evelyne Furtado