Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOBRE O CONCEITO DE BELEZA

(para a Rosy e sua juventude, em Afogados da Ingazeira/PE)

Pobre de mim! Beleza só nos poemas, porque este é o meu espiritual, aquele que não envelhece, que nem sempre necessita de olhos pra se ver. Aquilo que por vezes é só palavra e que se abrirá como uma flor, na cabeça do leitor.

E que poderá ser um monstro, dependendo dos medos e da experimentação daquele que come a palavra dita ou lida, com alface e água ou pão e vinho.

Este é o mistério da "Beleza". Não esta que alguns vêem quando estamos na praia ou no banho. Esta é pequena, por isso nos topamos com “beleza", o qualificativo que tem o "bê" minúsculo, pequeno.

Se ainda houver palavra depois de tudo, nos encontraremos nos jardins do Belo. Neste não se conta o tempo. Os olhos de Deus nos farão puros.

- Do livro CONFESSIONÁRIO – Diálogos entre a Prosa e a Poesia, 2006 / 2007.
http://www.recantodasletras.com.br/mensagens/767623
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 06/12/2007
Reeditado em 17/05/2008
Código do texto: T767623
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 71 anos
2911 textos (776724 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 19:28)
Joaquim Moncks