Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 

Mãe Aparecida!

 

Nossa Senhora de Aparecida

Eu venho de um lugar distante

Minha bagagem é esta mala velha

Onde carrego minhas lembranças

Pobre eu nasci na pobreza eu cresci

Minha maior riqueza e o amor e fé

Que eu carrego nesta velha mala

Desde o tempo que eu era criança!

 

Cada romeiro que vem do norte

Ou vem do sul assim como eu vim

Tem uma mala velha onde carrega

A herança divina que veio de Deus

Nossa Senhora de Aparecida

Oh, Mãe querida Nossa Padroeira!

E nesta mala velha que eu carrego

Todo o amor que a Senhora me deu!

 

Estou cansado de tanto andar

Para chegar aqui no seu Santuário

Com esta velha mala onde eu carrego

O amor que eu sinto pela Senhora!

Nossa Senhora de Aparecida!

Esta mala velha é o meu coração

A onde eu levo seu nome Sagrado

Oh, Mãe querida, estou indo agora!

 

Minha romaria ainda não terminou

São vários dias para chegar em casa

E esta velha mala que vou carregando

O peso dela não me incomoda mais

Oh, Nossa Senhora de Aparecida!

Como foi bom conversar com a Senhora!

E esvaziar esta velha mala que carrego

Oh, Mãe querida o peso dela, deixei lá trás!

 

 

Balneário dos Prazeres: 08 / 09 /2008



Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 08/09/2008
Código do texto: T1166922
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
2317 textos (155551 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/21 16:41)
Volnei Rijo Braga