Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Recebi um contato de um amigo leitor me elogiando e dizendo que escrevo muito bem. Diz ele que gosta muito de escrever, mas não posta seus textos por pura vergonha, além de achá-los inferiores aos meus, por exemplo. Muito bem, não sou escritor propriamente dito, sou apenas alguém que gosta de escrever e que perdeu a vergonha de expor seus rabiscos. Não sou nenhum gênio da literatura, muito distante disso, possuo um vocabulário bem restrito, meu português é péssimo, não fosse o corretor do Word e eu passaria muita vergonha com minhas preciosidades ortográficas. Agora confesso que escrevo com o coração, sou honesto e deixo fluir minhas emoções com sinceridade e muito pouco pudor. Tenho certeza que qualquer um, como eu, que queira apenas exercitar o desejo de colocar em palavras seus sentimentos, sem maiores intenções financeiras e editoriais, pode tranquilamente guardar um tempinho e escrever, buscando caprichar, dentro dos limites de cada um, nas concordâncias, e clareza de idéias, e pronto. O Recanto das Letras é um ótimo local para expor esses textos por ser um espaço democrático e eclético. Pois muito bem meu amigo, não se acanhe, vá em frente, acho que agora é “mãos a obra”, e me avise, quero ser o primeiro a ler e comentar seus textos. E para aqueles que estão na mesma situação, não se façam de rogados, ou fiquem envergonhados, sejam como eu, sem vergonhas, aqui sempre cabe mais um.
Jose Carlos Cavalcante
Enviado por Jose Carlos Cavalcante em 17/09/2010
Reeditado em 17/09/2010
Código do texto: T2503178


Comentários

Sobre o autor
Jose Carlos Cavalcante
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 61 anos
811 textos (59878 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/21 01:25)
Jose Carlos Cavalcante