Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


As idas e vindas da eternidade

Das várias viagens que eu já fiz
Os amores ficaram no esquecimento
Relembrar... Ah! Isso eu sempre quis
Mas nada... Nada! Até este momento.

Das idas e vindas para a eternidade
Só tive as coisas que eu mereci
Andei em busca da felicidade
E voltei pensando que estava aqui.

Nasci e morei em vários lugares sei
Paris, Venezuela até nasci no Japão
Ainda espero a pessoa que mais amei
Foi por isso que vim nesta encarnação.
***

Dedico estas trovas para 
Milla Pereira 
com carinho e respeito.
(Airam Ribeiro)


img522/3308/barragliterif9.gif

Agradecimento ao amigo Airam Ribeiro:

Amigo, Baiano arretado,
eu também fui de outros mundos
mas, vim cair neste Estado,
num corre-corre profundo!

Porém, não me faltam amigos
com quem eu possa contar
que acompanham comigo
todo o meu caminhar!

Como um grande companheiro
dos meus amigos do peito
vem você, Airam Ribeiro,
emocionar-me desse jeito?

Não faça mais isso comigo,
Que as lágrimas não contenho.
Pois você é um amigo
dos mais queridos que tenho!
(Milla Pereira)
******

Tô aqui de boca aberta,
 quase inté iscancarada, 
nunca ouvi essa conversa, 
que aqui foi proclamada; 
esse baianu malucu, 
diz que já foi japonêis, 
por issu que a Maria, 
se mandô de uma veiz. 
Diz que nessa incarnação, 
nasceu como baianêru, 
mas continua japoneis, 
da cintura inté os joeiô. 
A Maria num guentô, 
di vivê di mixaria; 
passo a régua no baianu 
e si foi iguar ventania.
(Mira Ira)
***


Brigadu Milla Perêra
Tu é a fulô qui mais xêra
Diga-ci aqui di paçagi
Vô da o trôcu pra Mira, Milla
Vô respondê ela vai vê
Sô japa na verdadi Mira
Mas cunformu cum o meu nacê. 
(Airam Ribeiro)
***

A Milla deu a resposta
Também saudando o Airam.
Num é aquela coisa feia
Parecendo um sapo e uma rã. 
É coisa muito bonita
Pra virem todos apreciar.
Tomar o café da manhã
Que Clara não pára de ofertar.
Coisa linda é essa amizade
Mesmo com a ausência material
Milla e Airam, Airam e Milla
É tudo obra celestial.
Deus, irá com certeza
Abençoar cada dia mais
Essas amizades tão sinceras
Que no Recanto a gente faz!
(Pedrinho Goltara)
***

Ocê falô falô bunitim
Meu cumpadi e camarada
Ocê tá certo Pedrim
O Airan é uma parada
Cum a Milla na jogada
A coisa ficô mió
E a Mira, bem amada
Dela num se diz um ó!
Nossa amizade é bacana
Para mim ela é sagrada
Num pode sê leviana
Pois por Deus é abençoada.
Airão é home de fé
Tem amigo de montão
Cum seu fiio e a muié
Mora em nosso coração
Ocês viru ele dizeno
Que já foi un japonês
Que tem tudo bem piqueno
Ele é sim, português
Eu cunheço as suas fias
bunitas cumo ninguém
Só num cunheço a Maria
Mas vou cunhecê também
Meu bom amigo baiano
Tamém a Milla Pereira
Oceis são tudo bacano
Gente boa brasilêra.
(Claraluna)
***

img525/1079/assinaturaparaairambb6.gif


Milla Pereira
Enviado por Milla Pereira em 05/09/2007
Reeditado em 05/09/2007
Código do texto: T639213

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Milla Pereira (http://www.millapereira.prosaeverso.net/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Milla Pereira
São Paulo - São Paulo - Brasil
2954 textos (495123 leituras)
42 áudios (7885 audições)
14 e-livros (6401 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 13:24)
Milla Pereira