Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
          EDRAS

Esvaziar-se de si mesmo
difícil é como repartir o corpo
em carne e espírito, e tão fácil
como beber água gelada
mineral gasosa.
deliciar-se de carne assada
e frango ao molho pardo
apimentados
Domingo manhã chuvosa
tarde fria, pardais
cantarolando ao longe.
noite silenciosa e na
boca um gosto de apito
de trem que partiu a
horas atrás...

(Hotides do Nascimento, 2017)

INTERAÇÃO - Alkas 21/03/2019 às 09:33


"Meu amigo poeta,
nesse mundo estou,
não estando..,
nesse mundo eu fico só passando...
sou de outro mundo, por isso esse vazio profundo...
não posso dividir-me, se nem sou uno... (...)"

INTERAÇÃO - Fabiano Fochi (Piolho) 17/03/2019 às 11:06

"(...) As vezes precisamos de um tempo de nos mesmos.
Mas difícil.
Pois todo lugar que vou,
pra fugir de mim,
me encontro por lá,
com a parte minha ruim."
Edras José
Enviado por Edras José em 17/03/2019
Reeditado em 21/03/2019
Código do texto: T6600001
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edras José
Uruaçu - Goiás - Brasil, 45 anos
109 textos (7005 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/05/19 10:38)
Edras José