Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Apenas mais um.

Bem eu estava lá naqueles dias esperando por você,
Esperando uma resposta de uma amizade,
E quando todas as horas se passaram,
Eu me vim em uma vida esquecida,
Eu odeio sentir o fim,
Mas as vezes esses fins são os começos de coisas boas.

Corri no meio da multidão,
Eu não agüentava segurar o sabor de meu desgosto,
Foi uma mentira quando eu sorria,
E enquanto todos falavam de suas alegrias,
Eu ria por não poder falar de minha dor,

Se eu estou errado,
Como eu poderei concertar meus erros?
Quem irá importar se eu me for?
Por que você nunca se estou presente em sua vida.

Eu sou apenas uma migalha no meio da multidão,
Sem nenhum sentimento verdadeiro,
Bem, e se você pensar que estou errado,
Talvez não tenha importância, pois nunca signifiquei nada para você.

Então irei fugir, apenas vou correr,
Mas para onde irei?
Onde você escondeu o meu sorriso?
Vou encontrar uma nova maneira de sorrir,
Mesmo pagando o preço da solidão,
O preço que você deixou para mim pagar.

Sou apenas uma pessoa triste,
Sem nada a dizer sobre a vida inteira,
Jogado na cama de um hospital,
Lamentando minha perda,
Mas, se você achar que estou errado,
Isso não tem importância para você, pois nunca fui nada para você.
Afinal, apenas sou mais um no meio da multidão.
Apenas mais um falando de amor.
vilson
Enviado por vilson em 01/08/2008
Código do texto: T1108266

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
vilson
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
385 textos (70945 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/11/19 07:18)
vilson