Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                    Uma vida... Tão pouco..

       Uma vida pelo tempo regida     
       Infindo amor...
      
Mais eu precisaria!
      
Ah! Saborear,
      
Vivenciar, conhecer deste amor as 
        nuances...
      
Infindas riquezas a emoldurar-me o 
       ser.
       Debalde foge-me o tempo!
       vida que nos consome, desvela, do 
       amor,

       Tão raras e belas nuances,
       Antigas e tão novas à cada dia!
       tempo, na fuga, forja...
       Passa célere
       O tempo  despe-nos das vãs 
        roupagens...

       Um nos faz nesta nudez sem
        máscaras,

       Cativos mais e mais deste amor...!
       tempo que nos consome ,
      dá-nos esta chama

                         Eterna e rara...

       
      
Teca
Enviado por Teca em 10/09/2008
Reeditado em 26/09/2011
Código do texto: T1171133

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Teca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1160 textos (126552 leituras)
5 e-livros (1558 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/11/19 04:10)
Teca

Site do Escritor