Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Inútil palavra

Por teimosia talvez,

   insisto na magia de escrever
     
      que me faz debruçar na boca da deusa,
         
         detentora de cada verso.


Por ironia talvez,

   resisto na sangria de escrever

      que me faz sangrar nos braços da deusa,

         detentora de cada derrame.

AjAraújo, o poeta humanista.
AjAraujo poeta humanista
Enviado por AjAraujo poeta humanista em 01/11/2009
Código do texto: T1899442

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar a autoria de Alberto José de Araújo e o site http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=2715). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
AjAraujo poeta humanista
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
442 textos (7964 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 01:17)
AjAraujo poeta humanista