Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Volte amor.

Volte amor..

Dias que tive a certeza de que jamais voltava.
Noites que me desesperei. Ao pensar.
Momentos que não pude conter.
Lagrimas que de mim rolaram.

No entanto. Volta. Para cumprir os sonhos.
Aquelas duras realidades. Que aos poucos.
Tomam formas. Tornam verdades.
Em síntese são ditas e explicadas.

A minha frente. A mim. A angustia.
Que termina. E que outra começa.
A de não deixá-la ir.
De também não fugir

Há medo.
Medo dos encargos de vida.
Dos encontros da vida.
O que faz da volta um desejo.
Desejo de nunca mais ter volta.

Nunca lamente uma ilusão perdida.
Pois não haveria fruto se a flor não caísse..


ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 05/09/2007
Reeditado em 05/09/2007
Código do texto: T640321
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4106 textos (160412 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 16:02)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA