Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMO SE NAO EXISTISSE AMANHÃ

COMO SE NAO EXISTISSE AMANHÃ

Como se não houvesse amanha
Eu te amarei ainda mais.
Muito mais que ontem,
E hoje ainda te adoro

Amor amante, amor extremo.
Louco e apaixonado.
Sou eu procurando você.
Em todos os instantes.

Vejo-te em cada ação
Em cada esquina, em cada ponto.
desta cidade.
Que fica fantasmagórica quando não estas

Preciso de tua presença, quero ver você.
Imploro seus carinhos, teus beijos.
Não quero tua lagrimas e nem saudades
Quero você. Presente a mim•
Quer estar sempre a sorrir, e amar.
Não quero desespero em minha alma
Quero a paz, como a paz do voar.
Do Beija-flor, da criança que dorme.

Quero você, nesta manhã, e nesta noite.
Não quero que lembre de mim.
Pois quero á sempre perto.
Não quero que chame por mim
Quero teu olhar a me chamar
E assim eu te amar.

“Quando falamos de amor, a voz de todos os
deuses deixa o céu embriagado de harmonia”.
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 06/10/2007
Código do texto: T683498
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4106 textos (160413 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 21:37)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA