Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desejos.

Desejos.

Quando me proponho. Em ir ao seu encontro.
Já me ponho a imaginar. Todos os acontecimentos.
Que vão marcá-los. Todas as caricias.
Nosso ninho de amor. Nossa razão da vida.

Ao vê-la mesmo de longe. Já se pressupõe
A volúpia de sentimentos. De agonias de amor.
Aconchega a mim, procura sem perca de tempo.
Retirar minhas vestes.

Inteira-se dos meus desejos, de minhas fantasias.
E procuras o mais e mais a excitação.
Excitação de nós dois. Baila, se diverte.
Se intromete, se bagunça. Levanta-se. Se deita

Busca a mim em beijos constantes. A todo corpo.
Dá gritos, se apodera dele. Como sua propriedade.
Que nada nego. Que a nada faço obstáculos.
O leva aos seus desejos. Úmida e quente.
Aconchegando-se como a grata privacidade.
A posse em definitiva.

Altera os meios, altera os movimentos.
As formas de dançar.
Numa louca teoria de sensação
E de ecos do amor, prazer paixão.
Sedução e muito mais desejos
elio candido de oliveira
Enviado por elio candido de oliveira em 08/10/2007
Código do texto: T685212
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
elio candido de oliveira
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4860 textos (171332 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/02/21 15:57)
elio candido de oliveira

Site do Escritor