Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alimentamos nosso amor.

Alimentamos nosso amor.

Com a consciência e muito mais nossas virtudes.
Multiplicamos o nosso amor e nossa paixão.
É preciso termos  a tranqüilidade de sermos nós.
De acalentar nossos corações marcados.
Pela beleza da vida e as vezes pelas divergências..

Afastemos de nós as magoas corriqueiras.
As invejas e saudades que nos atiçam.
As lagrimas as enxugamos no ritual de amor
Estaremos ligados em nós.

Sorriremos sempre na concepção de nossos sentimentos
Na alegria do dia que inicia e a noite que chega
Da flor que desabrocha e de nossos corações em felicidades.
Compreender que as alegrias são dádivas de Deus.

Não choremos pelas coisas que se foram.
Simplesmente as deixamos escapar por conseqüências
Do destino e de nossas próprias realizações.
Mas continuemos a alimentar nosso amor e nossa paixão.

ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 07/11/2007
Código do texto: T727092
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4106 textos (160407 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 16:52)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA