Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POETA DOCE!...

Eu preciso tanto de você,
Dói tanto essa saudade, quero tanto o seu beijo,
Vem matar minha sede, vem fazer amor comigo,
Entre meus devaneios posso sentir tua presença bem viva aqui ao meu lado.

Nessa emoção de te querer mais e mais,
Em meus braços sentir teu aconchego,
Na ternura de teu doce afago,
Quero me perder, amo você... Você é lindo.

Você me adoça toda nesse seu faceiro jeito de me olhar,
Coisa louca que inteira fascina e me faz sonhar,
Estou pensando em você... Eu posso te sentir... Posso até te imaginar,
Apaixonei-me completamente nesse seu jeito de amar.

Poeta doce que minha vida embala,
Ao caminho que me leva a felicidade,
Sem conflito se fez na unidade e dualidade,
A qualidade desse amor fez a qualidade da nossa vida.

Nosso amor é uma criação contínua,
Ele nos ensina todas as virtudes,
Ele nos realiza plenamente... Instantes sublimes,
Menos no amor... No resto em tudo temos peso e medida.

Perdida aqui nesta noite não sei como vamos seguir,
Até quando vai nos bastar sentir sem na real ter?
Lágrimas escorrem de nossos olhos nesse sentir... Sem poder acontecer,
Nesse tormento tremendo iremos continuar... Até quando, Deus, quiser.
ANA ISABEL
Enviado por ANA ISABEL em 08/11/2007
Código do texto: T728115

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ANA ISABEL
Sumaré - São Paulo - Brasil, 57 anos
711 textos (78438 leituras)
8 áudios (539 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 11:29)
ANA ISABEL