Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lá vem você.


Lá vem você . . .

Lá vem você como uma flor que na vida para mim surgiu.
Que numa bela tarde de sol para mim apareceu.
Que se tornou a minha musa e sempre a mime inspirar.
Que virou a mulher sorriso e sempre a me esperar.

Com certeza eu sabia que para mim ia voltar
E com esta volta traria a mima a vontade de versejar
Coisa que há muito faltava me em quem inspirar.
E que em desgosto alguns dias a vontade de se ir.

A esperança de sua volta conseguiu manter lhe a vida
Uma idéia chamada você  que alimentou as idéias  de nova vida
E que fez da vida quase comparável a beleza da flor e de seu olhar
Com que o coração vivesse amor. E uma grande paixão.

A luz do teu olhar a meiguice de você.
Com a sua voz e sorriso sempre a observar.
Para sempre fez me aliviar de tanta dor
Vem você sua imagem e postura .... O grande amor.
Lá vem você meu amor . . .


elio candido de oliveira
Enviado por elio candido de oliveira em 12/11/2007
Código do texto: T733625
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
elio candido de oliveira
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4860 textos (171338 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/03/21 19:25)
elio candido de oliveira

Site do Escritor