Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIVO A AGONIA!...

Não consigo mais disfarçar esse amor desmedido.
Quando sonho com você e acordo sozinha,
Amanheço com lágrima no olhar,
Tento esconder a dor que me assola o peito.

Essa doida vontade ainda acaba comigo,
Não consigo entender é um amor que só faz crescer,
Estou morrendo de saudade louca para te ver,
Entre o pensamento e o desejo enlouquecido.

Vivo a agonia de não poder te tocar,
Olhar em teu doce olhar,
Sinto apenas o silêncio a me assombrar,
Levanto e em pé fico a pensar.

Nesse amor distante,
Imaginando percorro distâncias,
Vejo-me em teus braços,
Sua boca se aproximando dos meus lábios.

Enternecida recebo sua boca,
Lábio quente eu sedenta,
Seu lábio do meu toma conta,
Num sobressalto o telefone toca.

Acordando-me dos meus devaneios,
Para a dura realidade.
De sua presença viva, porém ausente,
Que atormenta todo amanhecer os meus pensamentos.
ANA ISABEL
Enviado por ANA ISABEL em 27/11/2007
Código do texto: T754320

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ANA ISABEL
Sumaré - São Paulo - Brasil, 57 anos
711 textos (78436 leituras)
8 áudios (539 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 10:17)
ANA ISABEL