Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perdoa!

Qual sentimento sobrevive se não for alimentado? Até mesmo o rancor, que destrói pontes, precisa de alimento...
E todo mau sentimento precisa ser estercado, com o que de pior há em nós, para que viva!
Pois é, errei! Peço desculpas... Errei! Peço é perdão!
Perdoe se te permiti que alimentasse qualquer sentimento de dor, rancor ou desamor... Perdoe como for, se quiser, se puder...
Mas se não der, não se ocupe tanto de mim.
Eu mesmo o faria se pudera,
pois quem me dera
não te ver guardar qualquer sentimento ruim...

Perdoa, vai! Se te ofendi...
Mas não o faça por mim! Faça-o apenas por ti!
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 03/11/2007
Código do texto: T722048
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10866 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 22:49)
Poeteiro