Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ir contra o sistema - o cristão não pode ficar na lógica da massa e sua inquietude vem ....

O TESTEMUNHO DE FÉ, que todo o cristão é chamado a oferecer, implica dizer como São Paulo:
«Não que já o tenha alcançado ou já seja perfeito; mas corro para ver se o alcanço, (…) lançando-me para o que vem à frente»
(Fl 3, 12-13).”

A imagem da maratona grega está em São Paulo como o atletismo é a metáfora do seguir Jesus na busca da ética e das virtudes  por amor de Jesus e do próximo. J B Pereira

Veja o documento: Evangelii Gaudium Nº 121
Todos
são chamados a dar testemunho do amor salvífico (n° 121). O ser humano é simultaneamente filho e
pai da cultura onde está inserido. Aqui encontramos a importância da evangelização entendida
como inculturação (n° 122). A fé popular é um tesouro da Igreja Católica (n° 123).

http://matrizsantoantoniopiquete.com.br/public/files/evangelli-gaudium/capitulo-III.pdf
____________

Romanos 12:
"1 - Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que
apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo,
santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional;

2 - e não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos
pela renovação da vossa mente, para que proveis qual é a boa,
agradável e perfeita vontade de Deus.

3 - Pela graça que me foi dada, digo a todo aquele que está entre vós,
que não pense de si mais do que convém, mas dirija a sua atenção
para pensar sabiamente, conforme a medida da fé que Deus
a cada um repartiu."

Romanos 12:1-3

____________

Jesus incomodou até seu mundo... seu parentes e o templo.
Estranho. Era apenas o filho do carpinteiro.
O filho de Maria - mulher do Lar - partiu de Nazaré e foi além de si e da sua aldeia.
Falava parábolas, não usava armas... fez sinais... irritou muitos... os poderosos.
E amou pessoas e multidões... na Galileia. Participou de festa e multiplicou água em vinho. Depois prometeu que seria no vinho o seu sangue - morreu na cruz.
Ressuscitou.
Sim, foi contra o sistema de seu tempo - sua proposta era radical: perdoar e ter compaixão.
Muita gente não entendeu!
Acharam que estava possuído, doido... expulsaram como fizeram aos profetas.
Gritou como profeta.
Acolheu crianças. Nunca deixou de olhar firme nos olhos de seus adversários.
A sua popularidade incomodava também.
Por isso, os seus amigos foram perseguidos e martirizados em todos os tempos e lugares.
Os jovens que estão com Jesus ainda hoje são inquietos. Não se contentam com palavras bonitas e ideologias fáceis e violentas. Não querem uma vida à toda e sem sentido, sem cores.... sem amor.
Muitos estão presos ao vinho, ao sexo, às drogas, à moda, ao lar, ao poder... ao dinheiro, às armas, à prostituição...
Muitos jovens perdem em uma vida sem perspectivas e sem um projeto de vida e profissional.
Os que são de Jesus se sacrificam e questionam tudo.... a todos...
Falam de direitos e buscam a igualdade e o respeito ao ser humano.
São rotulados... mas, são cristãos e morrem por Jesus, se preciso for.
Quanto mais escura for as dificuldades, mais eles brilham no que optaram. Assim será a geração dos de Jesus. Como foram os apóstolos e os mártires de todos os tempos.
Precisamos de cristãos corajosos e não tíbios.
Olhe para Jesus e será como Jesus, de Jesus e para Jesus a favor dos outros no bem e para o Bem. Deus é amor - quem ama é feliz e nasce de Deus.

J B PEREIRA
J B Pereira
Enviado por J B Pereira em 13/06/2018
Reeditado em 17/06/2018
Código do texto: T6363539
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
1750 textos (845120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/06/18 15:54)