Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Encontrando a Verdadeira presença de Deus

    Quando estamos decididos de coração a buscar a Deus, para realmente encontrá-lo em Espírito e em Verdade, para poder nos colocar em adoração diante da sua face, e sinceramente vir a nos apresentarmos aprovados diante a Ele, quando isso vier a acontecer, e vai acontecer, certamente a probabilidade é de que consigamos alcançar a sua doce e amável presença.      Mais antes de iniciarmos esta grande busca, precisaremos então antes saber, e estar conscientes de algumas informações importantes, são estes alguns dos detalhes que não poderão passar em banco, e traremos agora a tona alguns destes fatos, entre eles de que, a Presença de Deus é um pilar  de seus atributos incomunicáveis, que quer dizer que somente ele pode manifestar tal tipo de presença, e essa presença, a presença de Dele, realmente é única e sem igual, nunca poderá ser comparada nem suprida pela presença de uma outra pessoa, nosso Deus é um Deus presente, ele esta muito além do nosso entendimento que temos sobre onipresença, ou sobre tempo chronos ou kairós, Ele esta muito além da nossa concepção de tempo, sim, e Ele se revelou a nós como um Deus de perto mais que  também de certa forma é de longe, “JEREMIAS 23:23 ARC” um Deus que manifesta sim a sua presença ao nosso redor, como também de dentro de nós para fora, como fontes de águas que jorram, um Deus com a capacidade se sustentar uma relação pessoal particular e única com cada um de nós, nos atendendo individualmente e pela sua onipotência todos são atendidos, e por sua onisciência todos lhes são conhecidos, e não há de fato nada que ele não saiba antes de nós. Agora pra que venhamos a entender e meditar melhor no assunto da presença de Deus, vamos focar a nossa linha do tempo, o tempo chamado hoje, para saber como poderemos notar a presença de Deus se viermos a alcança La. Sabemos que nos nossos dias uma das formas da sua presença ser vivenciada entre nós, é o Paracletos, o nosso consolador, nosso amigo fiel e professor por excelência, o Espírito Santo, busquemos então entender mais a fundo, nos esforçando ainda mais em conseguir alcançar conhecer melhor esse nosso amigo e professor, que pode nos ensinar e nos levar até a presença de Deus para que assim  todas as Coisas nos venham a ser acrescentadas.  Entrar na presença de Deus parece fácil, pois fomos informados que o véu permanece até os dias de hoje rasgado, Ele, isso Deus, não pode se esconder de nós, não pode deixar de estar presente, nem nos ignorar, pelo menos assim imaginamos pela nossa forma humana tão pobre de raciocinar, no nosso intelecto, pois ele mesmo nos constituía nação eleita, e sacerdotes reais diante dele, como poderia não nos receber ou nos ignorar? e tudo isso nos foi informado pelo Seu decreto, a sua palavra, e sabemos que Deus não pode negar a si mesmo, e que nem revoga os Seus decretos, e que não se arrepende como nós, enfim, então nos dirigimos com confiança para a sala do trono, e na entrada então percebemos que para toda porta importante sempre há um tipo de chave para a segurança contra os transgressores, e nós como despenseiros de Deus, esses sacerdotes eleitos, sabemos que temos estas chaves nas mãos, pois temos um Sumo Sacerdote muito poderoso, a Jesus Cristo, o nosso salvador e Suficiente Galardoador, que nos constituiu os sacerdotes, e seus servos, e ele mesmo nos transferiu autoridade pelo poder do Seu nome, seu nome é poder, Rei dos Reis, Senhor dos Senhores, e ele mesmo nos entregou autoridade para abrir e fechar todas as portas, a chave de Davi, a chave que Deus levantou e colocou nos seus ombros, como esta na referencia de  Isaias 22:22 ARC “E porei a chave da casa de Davi sobre o seu ombro, e abrirá, e ninguém fechará; e fechará, e ninguém abrirá.” Segunda referencia esta em “Apocalipse 3:7 ARC” Nos fazendo entender que foi esta chave que abriu as portas do céu para nós, iniciando assim a dispensarão da graça, nos dando o entendimento que esta mesma chave fechou as portas do inferno, para que a igreja triunfasse vitoriosa, vencendo a morte, e despedaçando os aguilhões, e assim ficamos sabemos que as portas dos infernos foram fechadas, com uma chave grande e pesada, que foi erguida e colocada nas suas costas do nosso Salvador, nos fazendo a entender ser mesmo uma referencia direta a cruz, a cruz de Cristo, por esse preço de Cruz, essa chave a Cruz que para nós abriu as portas do Reino dos Céus, essa é a chave que pode abrir e fechar qualquer porta, uma infinita autoridade na sua totalidade, uma chave que abriu o véu.  Agora sabemos uma vez mais que temos um corredor reto e livre adiante, um caminho estreito mais certo a seguir, que acabara na entrada da sala do trono, o santo lugar, o santo dos santos. Então agora finalmente podemos ficar pensativos não é, forram muitas informações novas aqui divididas, e isso em tão poucos tempo que passou, e eu sei que essa informação vai nos enriquecer, a palavra esta a cada dia-a-dia nos sendo revelada, amém. Agora vamos pensar em exercer e executar este poder, que nos foi transferida pela autoridade do nome de Jesus, pois somos os sacerdotes, nosso sumo sacerdote nos constitui diante de Deus esses sacerdotes, e dividiu sua revelação conosco os pequeninos, pegamos então pelo poder do nome do sumo sacerdote esta chave, e então abrimos sala do trono, para entrar na Sua presença, a presença de Deus, para que todas as Coisas nos sejam finalmente acrescentadas, então continuamos, e finalmente chegamos ao ponto onde estamos prestes a entrar, passando pelos átrios, avistando já de perto a  porta da sala do trono, parece tão fácil, agora é só entrar, é só passar pelo véu que esta rasgado, há uma fenda na rocha, eu posso ver, mais me pergunto, te pergunto, como posso entrar na presença Dele sem a santidade? Como você vai entrar na presença dele? Como você pretende se apresentar, sem entrar levando consigo a sinceridade como uma oferta viva a sua onisciência.

  O que é Santidade? Santidade é  separação, ser santo é estar separado das coisas reprováveis, reprováveis de acordo com os estatutos e bases morais de Deus, as regras são Dele, é necessário estar de vestes limpas, não podemos nos apresentar na sala do trono de qualquer forma, chamais entraríamos na presença de uma autoridade nus, ou sujos, nem tão pouco na presença de Deus. Sabemos também que entre tantos de seus atributos incomunicáveis, a santidade é um deles, um pilar de sustentação entre os todos os Seus atributos, Deus é Santo, Ele se separou de todas as coisas e procedimentos maldosos, das coisas reprováveis, ele não se mistura com a sujeira, Nele só há espaço para equidade, isso é, ele não pode suportar para sempre o pecado sem arrependimento, então sem arrependimento em nós não haverá perdão, sem perdão não haverá santidade, sem santidade ninguém vera a Deus. Não Nos basta fazer confissões positivas ou bater o pé e gritar bem alto, tem que haver realmente algum esforço, o céu é conquistado a força, “Mateus 11:12 ARC”, os que usam a força de vontade e esforço tende a se sair bem sucedidos, mais as vezes depois de fazer muita força, podemos acabar por ficar cansados, mais não tem outro jeito, essa é a forma, tem que haver algum esforço, algumas renuncias são necessárias, para enfim, entramos na Sua presença.

  Como esta  escrito na referencia bíblica costumada mente usada em cultos de santa ceia, que esta em 1 coríntios 11:31 ARC, Porque, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados,  sempre nos acharemos justos ao nossos olhos, ou pelo menos tentaremos nos justificar, essa é a nossa verdadeira natureza, a pratica e cultivo de uma consciência mais cauterizada, podemos perceber nas citações as igrejas do livro das revelações em apocalipse, muitos dos que estavam cometendo praticas reprováveis segundo os padrões morais de Jesus, o Sumo Sacerdote, não se sentiram arrependidos, e foram exortados mais uma vez ao arrependimento, podemos conferir um desses casos na referencia que está em
“Apocalipse  3:17,18 ARC”
Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;
Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas.
  Percebemos nesta ultima referência Bíblica que as pessoas referidas aqui nesta passagem achavam que estavam em condições de buscar e receber a presença de Deus, achavam se o Maximo, tinham confiança que estavam agradando a Deus, mais só que na verdade não, não possuíam as condições de receber uma presença tão santa e tão gloriosa, então neste caso todas as coisas ainda não puderam ser acrescentadas, a necessidade não foi suprida, a culpa ainda estava com eles, ainda estavam cegos espiritualmente, ainda não haviam juntado tesouros nos céus, onde deveriam estar determinados e planejando passar o resto das suas eternidades, não possuíam vestes reais para se colocar diante da presença de Deus, enfim, não estavam em condições de buscar a presença de Deus e sua justiça, e as demais coisas não poderão ser acrescentada. Eles até podiam possuir uma força financeira, poder comprar qualquer coisa, possuir o maior e mais bonito templo, comer bem, mais vimos as suas verdades, e a verdade é que eles não tinham todas as suas necessidades supridas, Jesus deu lhes muitos conselhos, e os exortou admoestando os, lhes fazendo saber que eram miseráveis e verdadeiros desgraçados, pois eles não podiam e nem tinham as condições para entrar na presença de Deus, “Mateus 22:11-13 ARC” então todas as coisas não puderam lhe ser acrescentada, e por que? por que estavam sem a Presença.
  Mais para o remanescente, a todo aquele que for reconhecido e agraciado por Deus, o de coração sincero, que hoje é capaz de gerar um verdadeiro genuíno arrependimento dentro de si, a esse, que se achegar com confiança ao trono da Graça, e alcançar a presença de Deus, a este eu sei que,  todas as coisas lhes serão acrescentadas.
Pastor Cidinei da Rosa
Enviado por Pastor Cidinei da Rosa em 24/09/2018
Reeditado em 24/09/2018
Código do texto: T6458591
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Pastor Cidinei da Rosa). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pastor Cidinei da Rosa
Terra de Areia - Rio Grande do Sul - Brasil, 38 anos
19 textos (206 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/18 02:17)
Pastor Cidinei da Rosa