Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bate o sino

… Bate o sino, pequenino. … Sino de Belém. Eis, chega-nos o Salvador, Jesus Cristo.
Trouxe-nos revolucionária missão: Implantar o amor na humanidade. Nada fácil. Não. Disse-nos: Sirvamos aos irmãos necessitados, miseráveis, desvalidos.
E também a existência de outra vida, muito melhor que esta. Vida para sempre, eterna. Será o Reino de Deus.
Que excelente!
Amemos os inimigos, aqueles que a gente não vai com a cara. E os que não vão com a cara da gente. Dá para fazer isso, amar os inimigos? Sim, podemos amar nossos opositores. Façamos um esforço para isso.
Declarou, sem medo: ----- Dificilmente os ricos entrarão no Reino dos Céus. Creio que disse isso por eles, ricos, quererem tomar o lugar de Deus. Veja, muitos ricos se sentem deuses, pensam estarem acima dos pobres. Ilusão.
E se existe uma coisa abominável para Deus é justamente isso, o homem querer ser deus.
Deus não admite isso, de maneira nenhuma.
Jesus, humilde, pobre, veio e misturou-se aos pecadores, ladrões, assassinos, prostitutas, estelionatários, desvalidos, analfabetos.
Revoltou-se contra os moralistas de então (e de hoje também), os fariseus, mestres da lei. Formosos por fora, só capa. E sepulcros por dentro.
Moralista é aquele sujeito hipócrita que, para ele, os outros sempre estão errados, os outros são os canalhas, bandidos, os crápulas.
E ele, o moralista, é o santinho, exemplo a ser seguido.
Falo assim, mas não pretendo me eximir de meus erros. Jamais. Sou um pobre mortal, cheio de falhas.
Jesus não tolerava, de jeito nenhum, a hipocrisia. Muito menos a avareza, o egoísmo, ganância, o orgulho, arrogância, os mesquinhos. Teve os pés lavados com lágrimas de uma desconhecida meretriz.
Disse: –--- Aquele a quem pouco se perdoa, pouco ama.
Peitou os poderosos. Sem medo. Curou um cego de nascença. Ressuscitou Lázaro. Excelentes exemplos de cura do corpo – e da alma, principalmente.
Dez leprosos pediram a Ele: –---- Queremos ser curados! Apenas um foi humilde. Foi e agradeceu a Ele por ficar são. Portanto alcançou duas curas, a física e a espiritual.
Um dia, quando tudo se acabar, muitos ouvirão: –---- Estive nu e não me vestiste. Tive fome e não me deste de comer. Era estrangeiro e não me acolheste. Estive preso e não foste ver-me. O julgamento será assim, neste patamar.
Dois ladrões, ali, ao lado Dele, no calvário. Um, revoltado por ter sido condenado, afrontou Jesus. Queria ser salvo no grito.
Outro, humilde, sabendo que havia outra vida depois desta (a terrena), escolheu a vida eterna. Foi atendido. Está no Paraíso.
Jesus foi morto. Três dias sepultado e depois ressuscitou. Está no Céu, à direita de Deus.
Um dia retornará e nos julgará pelo amor, individualmente. Veremos seu rosto, um rosto brilhante como o sol.
Teremos então um banquete eterno, nada de doenças, nada de fome, injustiças, guerras, maldades, homicídios, vaidades, corrupção. Nada disso.
Bem, espero eu estar lá, neste banquete. Espero, tenho confiança nisso.
E todos os que fizerem a vontade de Deus.
Deus é Justo.
Salatiel Hood
Enviado por Salatiel Hood em 10/12/2019
Reeditado em 11/12/2019
Código do texto: T6815687
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Salatiel Hood
Belém - Pará - Brasil, 64 anos
259 textos (4962 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/01/20 19:27)
Salatiel Hood