Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÓ PRATICA O AMOR QUEM ROMPE COM PECADO (Reflexões)

 
Texto extraído do livro: "REFLEXÕES COTIDIANAS" ainda não editado.
     
     Cuidado com os anticristos, alerta o escritor da carta de São João, dirigindo-se à comunida-de da Ásia Menor, influenciada por um grupo de dissidentes, que nega ser Jesus Cristo o Messias.
     Quem nega que Jesus é o Messias é mentiroso e com certeza, este é o anticristo. Cuidado com ele, porque aquele que nega o Filho, nega também o Pai e poderá desencaminhá-los; razão pela qual estou lhes escrevendo para alertá-los.
     Vocês que receberam a unção de Jesus, permaneçam nesta fé para que nenhum mal venha lhes afetar.
     Foi o próprio Jesus quem alertou que, no fim dos tempos, iriam aparecer os anticristos para confundir as pessoas.
     Quem acreditar que Jesus é o Messias, Filho de Deus, certamente não precisará temer, porque nenhum mal irá lhe acontecer.
     Estejam sempre confiantes. Acreditem! Jesus é justo porque pratica a justiça.
     Só pratica a justiça aquele que nasceu de Deus.
     Vocês também podem ser justos porque são chamados filhos de Deus.
     Maior prova de amor que o Pai lhes deu, foi chamá-los de filhos.
     Aqueles que não reconhecem vocês como filhos de Deus, também não reconhecem a Deus como Pai e Criador.
     Para que sejam puros como Jesus, Ele convida todos a romperem com o pecado. Agindo desta maneira, vocês estarão sendo obedientes a Ele e não serão transgressores da lei. (diz São João)
     São João se preocupa com a comunidade para a qual  escreveu esta carta, pedindo a eles que se precavenham para que ninguém os tire do caminho do bem.
     O Diabo é pecador desde o princípio — diz São João — e quer arrastá-los para junto dele.
     Porém, Jesus se manifestou para destruir as obras do Diabo e livrar você desse mal.
     Somente quem está no caminho do bem pode praticar a justiça.
     Jesus quer protegê-los contra o pecado. Mas, para que isso aconteça, é preciso que vocês quei-ram livrar-se desse mal.
     Para isso, é preciso que vocês pratiquem a justiça amando e respeitando os seus irmãos.
     Rompendo com o pecado, vocês não terão dificuldades em praticar o amor, porque terão a paz de Jesus em seus corações.
     No passado existiu Caim que, pertencendo ao maligno, matou seu próprio irmão, cujas obras eram justas.
     Todos nós passamos da morte para a vida eterna; tanto os bons quanto os maus. Só que os bons passam para a felicidade eterna, no Céu; en-quanto que os maus, para a desgraça eterna no inferno.
     Como pode o amor de Deus permanecer numa pessoa que fecha o seu coração para os mais necessitados?
     São João pede a todos que pratiquem o amor verdadeiro. Ele explica que o amor não deve ser só com palavras e sim com atos concretos. Se agirem assim, vocês não temerão quando estiverem diante de Deus. Mesmo que suas  consciências os condenem, confiem. Deus é maior do que qualquer consciência e sabe o que se pas-sa em seus corações.
                                   Texto baseado em  1Jo 1,3-25
Antônio Oliveira
Enviado por Antônio Oliveira em 23/10/2007
Reeditado em 09/11/2007
Código do texto: T707174
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antônio Oliveira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 73 anos
703 textos (561962 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 01:38)
Antônio Oliveira