Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRESERVEM OS FRUTOS DO SEU AMOR (Reflexões)

    Texto extraido do livro "REFLEXÕES COTIDIANAS" ainda não editado

     Adultério é coisa muito séria, pois, destrói os sonhos de um e deixa o outro na ilusão de felicidade eterna.

     Somente quando os sonhos chegam ao fim é que se percebe que nada valeu a pena, foi tudo passageiro.

     A pessoa que cometeu adultério carregará este estigma para o resto da vida, enquanto que a outra pessoa poderá sofrer um trauma psicológico muitas vezes trágico se for fraco em sua fé.

     A pessoa traída tem dois caminhos a seguir: enveredar-se pelos caminhos dos vícios, entregando-se aos prazeres do mundo, ou procurar consolo nos braços de Jesus, tomando conhecimento da Palavra de Deus.

     Se optar pelos ensinamentos encontrados nas Sagradas Escrituras, certamente terá muito a lucrar, pois, somente lá encontrará motivos de sobra para perdoar a pessoa amada.

     A pessoa que se unir pelo sacramento do matrimônio não deverá fazê-lo somente com o interesse de ser feliz, e sim, de fazer feliz a pessoa com quem está se unindo pela Lei de Deus.

     Bom seria se as uniões tivessem por base o amor, certamente seriam indissolúveis por não haver nenhuma incompatibilidade.
     
     Quanto mal poderia ser evitado se os casais não confiassem seus problemas a outras pessoas que não merecem credibilidade por estarem talvez interessadas  que aquele relacionamento chegue ao fim.

     Lembremo-nos de que o melhor confidente da esposa deverá ser o esposo  e a melhor confidente do esposo deverá ser a esposa. Assim acontecendo não haverá desavença nos lares, por tornarem-se cúmplices um do outro.
     
     As diferenças nos lares deverão ser resolvidas entre os casais e jamais expostas a estranhos, porque Satanás poderá agir através dessas pessoas.

     Quantas separações seriam evitadas se houvesse mais amor e menos egoísmo entre os casais.

     Quantas crianças cresceriam mais felizes desfrutando de momentos maravilhosos, ao presenciarem harmonia em seus lares com os pais sorridentes se acariciando mutuamente.

     Os casais que se uniram através do matrimônio, para construir uma família jamais terão diretos de destruir os sonhos dos filhos, frutos desse amor maravilhoso que um dia foi abençoado por Deus.

                                     Antônio Oliveira  (Paraibuna  SP)
Antônio Oliveira
Enviado por Antônio Oliveira em 25/11/2007
Reeditado em 25/11/2007
Código do texto: T751735
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antônio Oliveira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 73 anos
703 textos (561999 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 18:04)
Antônio Oliveira