Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


                                 ESTRANHO, BANAL..

                Estranhamente fechou
          a porta com sigilo... Cerrou
           as cortinas sorrateiramente...
             Apagou-se com a luz, em
           estranho breu... desfez a cama
           com destreza... deitou-se no sonho
          contundentemente... e agilmente
            do mundo, se escafedeu... !
Alkas
Enviado por Alkas em 24/11/2018
Código do texto: T6510702
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alkas
João Pessoa - Paraíba - Brasil
5466 textos (370973 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/11/19 18:19)
Alkas