Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARARUAMA.


UM BACURAU...
AO SOM DA NOITE NEGRA,
MAS, COMO SE TIVESSE NA RUA
NUM TRANSITO DANÇANTE,
ATE NO CANTO DOS PÁSSAROS.
ERA UMA MÁGICA
COMO A ALMA DO POETA
VOANDO EM TODAS AS DIMENSÕES.
O TAL CARCARÁ
NO ALTO DA COLINA
ENTOANDO O TEU TIMBRE MILITAR,
NA ÚLTIMA SEMANA NO SITIO
EM QUE ARARUAMA VIRA POESIA.
TODOS DORMEM PROFUNDAMENTE,
E SÓ O VISITANTE COMBINA,
POESIA E MÚSICA NO BREU DA MADRUGADA
OUVINDO OS ARRANJOS DAS AVES NOTURNAS.
RAIOU NO HORIZONTE
UM NOVO DIA,
DA VARANDA SE AVISTA O CANAVIAL.
O TIO ACORDA
O CAFÉ ESTA NA MESA
E O DIA VAI SER DIFERENTE
OUTRA VEZ.



                                        CONDOR AZUL.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 19/08/2019
Código do texto: T6724078
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 57 anos
837 textos (29980 leituras)
1 áudios (185 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/11/19 01:02)
Condor Azul