Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A prisão da culpa.

Lá em "Mini Gerais", em uma comunidade pobre e socialista, sumiu a corda de um poço e não tinham como pegar água. Os habitantes resolveram caminhar uns cinquenta Km para pedirem uma outra corda emprestada e convocaram possíveis alguns voluntários. De manhã, quando chegaram à casa do primeiro, para acordá-lo, disseram: acorda, sem jonas!" ele saltou da cama e disse: Num é poi nada não zenti, mais a coida eu vindi pum viazante, discupoceis esse pecadu"
carlinhos matogrosso
Enviado por carlinhos matogrosso em 05/10/2019
Código do texto: T6761799
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
carlinhos matogrosso
Sinop - Mato Grosso - Brasil
835 textos (18829 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/19 13:19)
carlinhos matogrosso