Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Miniconto & Outros.

                                           Olha, deambulando pelo "miniconto/mini-
malista" & Outros Escritos, abaixo conforme título enunciado acima:

1º. miniconto/minimalista com título: "Luzes sobre o Mar..."

                             LUZES SOBRE O MAR...
                 SERIA LA NUEVA LUNES, AQUI E ALI
           E HAVERIA TEMPO PARA ESPERAR AS HORAS ?
                             LUZES SOBRE O MAR...
                 ENTREMENTES, É DE SE PERGUNTAR MESMO...
                     HÁ VÍCIOS SEMELHANTES ÀS VIRTUDES ?

2º. miniconto/minimalista com título: "O Fecho Expresso?"

                            O FECHO EXPRESSO AD LITTERAM...
                   COM TANTO MAIS RAZÃO, PELA VONTADE DE...
                                       NÃO HÁ OLVIDAR...
                          SEU BELO ROSTO, LINDA MULHER...
                               NAS PALAVRAS CANDENTES...
                      PERCEBE-SE UMA VASTIDÃO DE DENTES...

3º. miniconto/minimalista com título: "Nos Moldes...".

                                         NOS MOLDES...
                       PROPICIANDO AS QUESTÕES ESSENCIAIS
                                     E NÃO ESSENCIAIS,
                            ORA, À LUZ DO QUE FOI TRATADO...
               FAZ DEMARCAR OS VENTOS QUE ADVÉM DE MAYORCA...
                          A CANDURA BRILHA, E A MENTE É CALIENTE!
                                          TUDO NOS MOLDES!!

4º. miniconto/minimalista com título; "Cultivando o Amor".
                                   
                              DEVAMOS ABLEGAR A SOLIDÃO,
                           É HORA DE VER A MORENA ALADA...
                                    COMO NATURAL MISSÃO...
                     VAMOS DEIXAR APARECER A VIBRAÇÃO...
                                  E CULTIVANDO O AMOR...

&  O U T R O S    E S C R I T O S:

Título do 1º Poemeto: "MULHER, tua pele tem frescor".
                    MULHER, TUA PELE TEM FRESCOR
                    SIM, TEM O VIÇO ENCORAJADOR,
                    SIM, O VIÇO DO ETERNO AMOR!

Título do 2º. Poemeto: "BELOS OLHOS PRETOS".

                    TEUS BELOS OLHOS PRETOS...
                       ME FIZERAM ATORDOAR...
                          TUA MENTE CALIENTE...
                  COM TEUS CÍLIOS DE MULHER ASSÍRIA
                           ME DEIXARAM MUY LOCO!

Título do 3º. Poemeto: "Other Eyes".
               
                     OTHER EYES EM ALGUM LUGAR EU VI...
                     OU OTHER EYES ESTARIAM EM MIM ?
                             OU ADENTRARAM EM TI ?

1º. breve Ensaio com título: "Tudo Acaba via cérebro?"
A propósito, o "confrade/recantista" faz instigar uma colocação no sen-
tido de que seria o "Cérebro" humano      a via de acesso para haver o
término da vida? Assim sendo, seria mesmo cérebro humano o grande
visor na hora do desfecho final? Objetivando ainda o raciocínio    nesta
seara, havendo o início do perecimento humano, o cérebro se encarre-
ga de confeccionar as imagens oriundas da "grande viagem?" Ou o pe-
recimento, ou morte, não existe, o que existe seria apenas uma   tans-
posição de lugar? Partindo da premissa que o infinito é tudo àquilo que
não tem fim; o eterno é algo que não se pode alcançar; assim,     tudo
que não se pode ser atingido, quiçá compreendido, trata-se do infinito?
Doutra banda, o que não detém fim é a eternidade; é de sabença  que
o grande filósofo alemão Emanuel Kant em seus vertentes estudos  fê-
lo por intermédio de suas "Antinomias da Razão Pura". O GADU (Gran-
de Arquiteto do Universo) é a relevância maior da vida.

2º. breve Ensaio com título: "O Livre Arbítrio".
Todos sabemos que o pensamento é livre, solto e por isso, cada ser hu-
mano é deveras importante no seio social, visto que o mesmo possui a
universalidade do seu expressar. Em sendo assim, o "livre arbítrio" é a-
quilo que faz denotar o pensamento humano como algo livre. A  Maço-
naria faz ampliar a ideia do "livre arbítrio" como algo de imenso valor.

3º. breve Ensaio com título: "Viva a Natureza".
O ilustrado poeta e intelectual Jorge Luís Borges, falando sobre o "uni-
veso" dissera: "O universo requer a eternidade... Por isso afirmam que
a conservação deste mundo é uma perpétua criação, e que   os verbos
"conservar" e "criar" tão diferentes aqui, são sinônimos no céu".
Inicialmente em primeiras linhas deste título "ut supra", é de sabença
que a Lei nº 6.938, de 31 de agosto de 1981, fez instituir a Política Na-
cional do Meio Ambiente. A relevância desta fundamentação legislativa
é para ser levada à serio por todos! O Meio Ambiente é o conjunto  de
condições, como leis, as influências, suas interações com a ordem físi-
ca, química e biológica que abriga e rege a vida sob todas as formas.
Estamos observando pela mídia, de que várias cidades do nosso País;
e recentemente, a capital da Inglaterra/Londres ao lado de mais    de
60 (sessenta) cidades, estão promovendo grandes passeatas em torno
do assunto: "Meio Ambiente". Não há como ignorar de que    o Planeta
Terra, está abrigando bilhões de seres; e que a China, Estados Unidos,
Brasil, por intermédio de seus gerenciamentos governativos, tem a  o-
brigação de respeitar o Meio Ambiente. O "dano ambiental"    tem que
ser tratado como um mal que atinge os seres, independente de credo;
convicção política;poder econômico, etc. A crosta terrestre tem que ser
respeitada por todos; vivemos no Planeta Terra; essa coisa de que bre-
vemente teremos outros Planetas, Marte, Vênus e a própria Lua como
lugares acessíveis para a vida humana; respeitosamente, quer parecer
de imediato, um "blefe" a própria humanidade! Vivemos   é no Planeta
Terra e não em outras galáxias. O dano ambiental em nosso País é uma
verdade; as matas; o solo; as águas; os animais; tudo isso precisa ser
preservado ao invés da cristalização de discursos enfadonhos, travesti-
dos de inverdades, que todos já conhecemos. "Viva a Natureza".

                             
         

Hooshaham
Enviado por Hooshaham em 07/10/2019
Reeditado em 30/11/2019
Código do texto: T6763468
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hooshaham
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
1826 textos (421598 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 05:14)
Hooshaham