Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cabaré em Tempos de Bolsonaro

Com as pernas, escandalosamente, arreganhadas, deixando a lusco-fusco a vergonhosa indústria produtora de pobreza mundial, pensando na neta recém nascida Pri,
Toma o décimo trago e pita o pito,
A mãe puta!

Fora a sonolência que lhe bate nas vistas às 4 horas da manhã e o  cheiro de bódum, perfume peculiar que leva gratuitamente nas vestes para casa, a noite não rendeu nem pro fumo; oxalá se para o leite.
Mutável Gambiarreiro
Enviado por Mutável Gambiarreiro em 20/05/2019
Reeditado em 20/05/2019
Código do texto: T6651551
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mutável Gambiarreiro
Jegue é - Tovuz - Azerbaijão
2248 textos (51872 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/10/19 23:03)
Mutável Gambiarreiro