Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RP - O CASAMENTO DE BETO LAGE - PARTE 13


                         O CASAMENTO DE BETO LAGE
                                          PARTE XIII

                             Leonardo também percebe que Wagner não veio sozinho. Vê Bartley saindo do carro e desce as escadas, aproximando-se dele.
- Eu conheço você... Edward Bartley...
- (Como está, Mr. Valle?).
- O que está fazendo aqui?
   Wagner se aproxima dos dois.
- Pai, é justamente isso que eu ia dizer. Eu fiquei em Londres mais um tempo pra tratar com o Bartley sobre a transferência da fazenda do meu nome pro seu. O Bartley veio comigo por isso.
- Transferência? Eu imaginei que isso pudesse acontecer, mas... pensei que fosse mais complicado.
- Vamos entrar e a gente conversa lá dentro. O Bartley te explica tudo.
- Eu vou ter que falar com ele em inglês?
- (No, sir). Vamos conversar em português mesmo, diz Bartley em português.
   Wagner ergue as sobrancelhas e olha admirado para o advogado.
- Eu sabia que você estava me escondendo alguma coisa...
   Bartley sorri discretamente. Leonardo ainda olha para ele desconfiado.
- Se o senhor vai entrar na minha casa como advogado de Stanley Russel pensando como ele, dê meia-volta e volte para Londres.
- Não, não se preocupe, Sr. Valle. Eu estou aqui como amigo e advogado do seu filho. Minha estadia aqui vai ser bem rápida. Serão só formalidades.
- Vamos entrar e conversar lá dentro, gente? - diz Wagner. – Eu quero te apresentar minha madrasta e minhas irmãs, Bartley. Pai, abaixa a guarda um pouquinho. Meu bisavô está morto. O Bartley é do bem, ok?
   Leonardo respira fundo e se dirige para a casa, passando por Magda e as duas filhas. Wagner abraça as três e as apresenta ao advogado, depois todos entram.
   Leonardo acha melhor conversar com o advogado na biblioteca e ficam por lá durante uma hora. Quando saem, Leonardo tem a expressão mais tranquila e até convida o advogado para almoçar com eles, mas ele não aceita, alegando que precisa realmente voltar para Londres. Despede-se de Wagner que pede a Robério que o leve de volta ao aeroporto.
- Mais tranquilo? - Wagner pergunta ao pai, ainda na varanda, enquanto vêem a caminhonete se afastar.
- Quanto à minha fazenda, sim. Eu sempre soube que ela ia voltar pra mim. Obrigado, por desistir dela.
- Eu não desisti, ela sempre foi sua. Foi minha só no papel. Eu não fiz mais do que minha obrigação.
- Posso te pedir um favor?
- Claro.
- Ligue pra São Paulo. Procure saber se seu irmão está bem... Eu sonhei com ele esta noite.
- Sonhou com o Cláudio? Que bom!
- Sonhei que ele estava de volta ao hospital, vestido de branco como sempre e... feliz...
- E isso não é bom?
- Bom demais... Leonardo diz, voltando-se para ele, sério. – Mas nós sabemos que isso não vai acontecer tão cedo, por isso eu quero que você ligue. Por favor, filho.
   Wagner sente um arrepio lhe percorrer a espinha. Entra na casa e liga para a casa de Cláudio. É Karen quem atende.
- Karen?
- Ela... Quem está falando?
- Wagner, de Casa Branca.
- Oi, filho... Tudo bem? - ela diz com a voz embargada.
- Que foi? Está tudo bem?
- Mais ou menos...
- Mais ou menos por quê?
- Seu irmão... está internado...
- O quê? Internado? Por quê? O que ele tem?
- Não temos certeza ainda, mas seria bom que você viesse pra cá.
- Vou, claro que eu vou, mas... e a Mônica? Está bem?
- Está, ela está. Ela está no hospital com ele.
- Estou indo praí agora, Karen.
   Ele mal espera que ela responda e desliga o telefone. Senta-se no sofá e passa as mãos pelos cabelos. Magda vem descendo as escadas com Elis nos braços e, ao vê-lo assim, pergunta:
- O que foi, filho?
- O Cláudio...
   Ela coloca Elis no chão.
- O que tem ele?
- Ele... está internado num hospital em São Paulo.
   Magda sorri inicialmente, sem absorver o que ouviu.
- Como assim? Internado?
- Eu vou pra lá, agora. Cadê o pai?
- Deve estar com o Lopes...
- Avisa ele.
   Wagner sai da casa, vai pegar a moto na garagem e se afasta em alta velocidade. Leonardo vem vindo da casa de Lopes e pergunta a ela:
- Aonde ele está indo de novo?
- Pra São Paulo... ela diz ainda atônita.
- São Paulo...? - ele fala pensativo, olhando para a poeira que a moto deixou no ar.
- Também não entendi direito, Leonardo. Ele disse... que o Cláudio está internado...
   Leonardo vai se sentar no degrau da escada, atônito, e diz:
- Eu sabia... que tinha alguma coisa errada com meu filho, Magda...


            RETORNO AO PARAÍSO – O CASAMENTO DE BETO LAGE
                                               PARTE 13

                         OBRIGADA POR SONHAR COMIGO!
                               BOM DIA DOS NAMORADOS!
                        DEUS NOS ABENÇOE A TODOS NÓS!

Velucy
Enviado por Velucy em 12/06/2018
Código do texto: T6362108
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Velucy
São Paulo - São Paulo - Brasil
1272 textos (6845 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/18 09:08)