Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Q.B. - O HOMEM QUE NUNCA MORREU - PARTE 5

                             V - O HOMEM QUE NUNCA MORREU...

                                        “A morte de John fica comigo o tempo todo”.
           “É uma coisa pessoal.” - Elton John
                         
                                   
                 John Reid aproximou-se de Elton e sugeriu pela terceira vez:
- Toma aquele calmante, Elton. Foi receitado pelo médico que eu chamei. Você precisa dormir. Só vai te fazer bem.
  Elton não respondeu. John ficou impaciente.
- Escuta, garoto. Vai acabar ficando doente se continuar desse jeito! Eu não vou ficar aqui vendo você guardar uma coisa que eu sei que está te cortando por dentro. Fala alguma coisa, chora, grita, mas, por favor, reaja!
- Falar o quê, John? O que é que você quer que eu fale? Assassinaram meu amigo! – Elton gritou. - Assassinaram John Lennon! Eu quero ficar calado pra poder imaginar que ele ainda está vivo. Quero sonhar com isso só um pouquinho. Me deixa em paz!
  As lágrimas começaram a rolar por seu rosto e ele escondeu o rosto nos braços sobre o parapeito. John chorava também em silêncio.
- Em que mundo a gente está, cara? – Elton falou, angustiado. - Que espécie de inferno é esse em que a gente vive? Que espécie de gente é essa que se diz fã da gente... e depois nos mata? Será que eu também vou ter que começar a ter medo de sair na rua e encontrar um fã?
   John não respondeu. Elton respirou fundo.
- Não consigo achar sentido nisso... Não vou achar nunca.
    Apertou o rosto molhando contra as mãos e entrou na casa.
    Davey, Dee, Nigel, James e Gary estavam lá, não menos desolados. Elton olhou para eles e sugeriu:
- Tem quarto pra todo mundo, lá em cima. Já estão feitos. Por que vocês não sobem e descansam?
- A gente vai quando você for, Nigel falou.
- Não vou conseguir dormir... Como você acha que eu vou conseguir dormir, Nigel?
- E o que te faz pensar que a gente vai? - falou Davey.
- Ficamos em pé, enquanto você ficar, concordou Gary.
- Pelo amor de Deus, gente, vocês estão agindo como se houvesse solução para o que houve, falou John. - Ficar acordados, madrugada adentro, não vai trazer John Lennon de volta. Eu ficaria cinco noites acordado, se isso fosse possível, mas não é! Vocês estão cansados do show e não tem cabimento ficar aí remoendo uma tragédia que não tem mais volta.
  Elton sentiu o peito apertar novamente e foi para a escada, subindo rapidamente.
- Façam o mesmo, por favor! Subam!
- Vai você, John. A gente está bem, falou Nigel.
   John balançou a cabeça em tom de reprovação e subiu também.
- Boa noite.
- Boa noite, disseram os rapazes.
  Os cinco ficaram em silêncio por algum tempo, até que James perguntou:
- Vocês acreditam nessa história de fã?
- Muito fantasiosa pro meu gosto, disse Davey. - Se todo fã for sair dando tiros em seus ídolos, o que vai ser da gente?
- Isso tem mais cheiro é de atentado mesmo, continuou James. - Lennon tinha envolvimento político suficiente pra despertar ódio em muita gente. Esse calhorda deve ter sido mandado por alguém.
- Mesmo assim, ainda não tem sentido. Quando todo mundo começar a ver justificativa num assassinato, ninguém mais vai poder sair na rua, disse Nigel.
- Nem confiar em ninguém, completou Dee.
      Outro instante de silêncio e Nigel recordou:
- Há seis anos ele estava com a gente no Caribou, dizendo que ia sair dos palcos e do disco... Foi a primeira vez que eu vi Lennon tão de perto... pra não esquecer nunca mais, mesmo que eu nunca mais o tivesse visto de novo. Agora ele volta... e acontece isso...
- Por isso não me sai da cabeça que... alguém queria que ele continuasse calado, disse James.
- E só a morte mesmo pra calar John Lennon, falou Gary.
- Não sei, não, Gary, disse James. - Tenho a impressão de que nem a morte vai calar John Lennon. Ninguém vai apagar o que ele já fez. Isso só serviu pra gravar na mente da gente à bala o que ele tinha na mente. Ele vai ficar mais forte que nunca, agora.


                      O HOMEM QUE NUNCA MORREU – PARTE 5
                                            CONTINUA...
                  DEUS ABENÇOE A TODOS E NUNCA PERCAM SUA FÉ!
                                      OBRIGADA E BOM DIA!
Velucy
Enviado por Velucy em 12/09/2019
Código do texto: T6743077
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Velucy
São Paulo - São Paulo - Brasil
1514 textos (9578 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/19 08:15)