Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Q.B. - MUITO... ABAIXO... DE... ZERO - PARTE 5

                        X - MUITO... ABAIXO... DE... ZERO

                            Ei, Toni, esta é de mim pra você!
                                                  Amor, Bernie!

                                                                 “Too low for zero” - 1983

               Elton ficou olhando para Toni com tanto interesse que ambos se surpreenderam quando Bernie apareceu de repente, por trás de Toni, agarrando-a pela cintura:
- Interrompo?
- Meu bem, que susto! - ela falou.
- Perdão, não quis assustar. Só que a gente tem que ir embora. Todo mundo quase já se mandou. Os nossos heróis devem querer descansar pro show de amanhã. Certo, Capitão?
- É... disse Elton, olhando no relógio. - São dez passadas. Não vá esquecer a entrevista do dia 30 no Rockline Interview, hein?
- Não vou esquecer, não. Mas quero adiantar meu livro antes de ir com você pro Canadá. Não foi esse o trato?
- É, e em dois meses dá pra fazer muita coisa.
- Quando vocês vão? - Toni perguntou.
- 28 de junho, daqui um mês, Bernie respondeu.
- Vou estar desfilando em Reims, disse Toni com um leve gemido.
- E Luxemburgo, Bruxelas, Le Mans e... Nice e...
- Marselha, Mônaco e Paris, continuou ela, como se recitasse um verso de poesia.
- Vou te pegar em Paris no dia 4 de agosto e vamos juntos assistir ao show do Elton no Madison, em Nova York.
- É de uma mulher assim dinâmica que eu preciso, disse Elton.
- Pode tirar os olhos, garotão! Essa já é minha, ele disse, puxando Toni pela mão e a empurrando na direção da casa. - Você já alugou ela demais por hoje. Me espera lá dentro que eu já vou indo, amor.
- Bernie! - repreendeu ela, olhando ainda para Elton. - Tchau, Elton, quebre uma perna, amanhã! Beijo!
   Elton riu, balançando a cabeça e agradecendo.
- Obrigado, por tudo! Tchau, linda.
   Toni afastou-se. Bernie sentou-se onde ela estava sentada e ficou olhando para Elton, que ainda tinha um sorriso meio perdido nos lábios.
- Que é que você tem? - Bernie perguntou.
- Eu? Nada. Por quê?
- Rosto vermelho, brilhante, os olhos estão redondos como nunca e com esse sorrisinho besta na cara. Está muito estranho.
   Elton colocou as duas mãos no rosto e sorriu mais ainda:
- Não inventa.
- É sério!! - Bernie exclamou. - Eu não vou nem perguntar o que vocês dois conversaram, nem a ela, pode ficar seguro disso, mas espero que o papo tenha sido proveitoso.
- Foi... disse Elton, enigmático.
  Bernie ficou olhando para ele com um leve sorriso. Elton perguntou:
- Posso dispor dela quando precisar?
- Ela não é propriedade minha, cara. Se ela quiser...
- Não foi o que você disse a pouco.
- Eu estava brincando. Bancar o chauvinista com uma mulher como a Toni é suicídio. Você pode até amarrá-la com uma corda, mas a outra ponta está presa no seu próprio pescoço. Vai te puxar e te enforcar. Ela é uma mulher do mundo.
- Vocês dois são do mundo... Acho que por isso se dão tão bem... Preciso encontrar alguém assim... disse Elton com um suspiro.
- Você anda repetindo muito isso. Toma cuidado! Você não faz o gênero dela.
- Deu pra notar... falou Elton, com um ar de tristeza que tentou disfarçar, olhando para o outro lado, mas que Bernie percebeu.
 Aproximou-se dele e apenas com o indicador tirou do rosto do amigo, os óculos que Elton usava ocasionalmente. Colocou-os no bolso do casaco de Elton.
- Por que isso? - Elton perguntou.
- Segurança... Sem eles você parece mais seguro.
- É... e mais míope também, completa Elton rindo, pegando os óculos novamente e colocando-os no rosto. - Posso te fazer uma pergunta?
- Hum... Deixe-me ver se eu estou com tempo? - falou Bernie gozador, olhando no relógio. - Acho que... pode, vai.
- Você acredita que eu possa me casar um dia?
   Bernie franziu a testa e riu gostoso.


                      X - MUITO ABAIXO DE ZERO - PARTE 5
                             SE SEU CORAÇÃO ESTÁ FRIO...
             PENSE EM DEUS... OU NO MÍNIMO EM QUEM TE AMA
                          ISSO VAI TE ESQUENTAR RAPINHO!
                  BOM DIA E QUE DEUS ILUMINE NOSSAS VIDAS
                                           OBRIGADA!
Velucy
Enviado por Velucy em 27/11/2019
Código do texto: T6804714
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Velucy
São Paulo - São Paulo - Brasil
1603 textos (10237 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 00:34)