Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 A QUARENTENA - Episódio #2 | O CADERNO FECHADO

A garota tinha 15 anos, estava estudando o segundo ano do Ensino Médio. Tinha cabelos curtos bem cortados pela própria mãe (essa era a vantagem de ter uma cabeleireira dentro de casa rs). Seus olhos eram pretos e bem profundos. Estávamos diante de uma típica adolescente, que, por fora todos achavam ser um princesa, mas por dentro guardava um vazio insaciável.

E naquela manhã a luz do sol continuava a penetrar em seu quarto. E ia colocando em evidência, cada canto que estava invisível durante a madrugada. Quando a luz põe-se na cabeceira da cama, ela olha aquela lado de seu aposento. Em cima estava um caderno que fazia alguns dias ela não abria,a devido à correria do dia-a-dia.

Aquele caderno era um, diante de outros tantos em que ela escrevia um diário. Fazia isso religiosamente desde os 10 anos de idade, quando sua psicóloga recomendou que escrevesse tudo o que ela sentia. Ela fez pesadamente no início, porém começou a tomar gosto em alguns dias nesse exercício matinal.

Ela se achegou perto da cabeceira da cama, lentamente, olhando tudo. Redescobrindo-se diariamente nessa quarentena forçada. Abriu o caderno e começou a chorar, lembrando-se de fatos narrados por ela mesma em seu diário. O caderno era capa dura, enfeitado com recortes de revistas que ela mesma tinha feito. A letra dela era arredondada e bem caprichada. Ela de fato escrevia tudo o que sentia.

Estava chorando, de maneira copiosa. Suas lágrimas eram de tristeza, ou de alegria? Suas lágrimas eram simplesmente uma expressão pura de um vazio interior que clama por ser preenchido. Mas com o que preencher,e se nada a saciava? Ela ouviu uma voz estridente a chamando:

- Natália, vem tomar o seu café da manhã.

Era sua mãe. Ela rapidamente fecha o seu caderno e se recompõe.

[Contínua]
Prof Eduardo Nagai
Enviado por Prof Eduardo Nagai em 21/03/2020
Reeditado em 24/03/2020
Código do texto: T6893530
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Prof Eduardo Nagai
Maringá - Paraná - Brasil, 39 anos
17 textos (445 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/03/20 21:27)
Prof Eduardo Nagai

Site do Escritor