Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Medo de viver

  Deus, onipresente Pai ausente, me ajude uma última vez, depois dessa prometo mover o moinho com meus próprios ventos. Antes de de soprar ao mundo, porém, peço teu auxílio, pois tenho medo, medo de viver o teu mundo, tenho medo de viver.
  Poderia, até, culpar-te no etéreo, ou, no plano material, meus criadores. Seria fácil e demasiado confortável ignorar minha parte na construção do meu pavor, gritar às paredes as faltas das criações minhas. Entretando, para Contigo negociar, é necessário aludir a pretensão da verdade, é minha culpa eu ter medo de viver, tenho medo de viver.
  De peito aberto, assumo quem sou perante a Ti: nada. De braços abertos aceito o que conquistei: nada. Quem vive amedontrado não é nada e tenho medo de viver, por isso clamo tua mão, pois tenho medo de viver.
  Em sua grandeza, se a vida for um precipício me empurre. Em sua bondade, se a vida for um labirinto me deixe no início. Em sua benevolência, se a vida for fogo me queime. Não quero mais ter medo de viver, não quero ter medo de viver.
Aquele lá
Enviado por Aquele lá em 28/06/2020
Código do texto: T6990021
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Aquele lá
Birigui - São Paulo - Brasil, 19 anos
6 textos (80 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/07/20 17:33)
Aquele lá