Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caos

E chega o momento em que tudo explode
mas nada se move.
E tudo você tenta, mas nada inventa.
Tudo cita, mas nada explica.
Tudo canta, mas nada encanta.
Tudo estressa, mas nada expressa.
Tudo jura, mas nada cura.
Tudo pode, mas nada escolhe.
E se me pedissem para descrever
o que sinto neste momento
eu não descreveria.
As palavras são muito belas
para adjetivar meu sentimento escasso.
E assim sinto, que a cada passo
tudo se desfaz
e minhas lágrimas se misturam ao espaço.

21.10.2006
Emanuelle Querino
Enviado por Emanuelle Querino em 19/01/2009
Código do texto: T1393791


Comentários

Sobre a autora
Emanuelle Querino
Imbituba - Santa Catarina - Brasil, 31 anos
65 textos (8936 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/05/21 16:50)
Emanuelle Querino