Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Feridas...

Entreguei -me a Ti
Corpo, alma e coração
Mas de repente a decepcção
Acometia-me a solidão
Deixando-me em estado inebriante
Por querer-me somente amante
Acreditava ser querida
O que causou demasiadas feridas
Que o tempo há de curar
Custe o que custar

Pois somente o TEMPO é capaz de compreender/entender/perceber um grande
sentimento...
e quanto as feridas, transformar-se-ão em
cicatrizes, caracterizando um alguém que viveu e sobreviveu
ao paradoxo de um grande AMOR...


Carolzita
Enviado por Carolzita em 01/06/2006
Código do texto: T167560


Comentários

Sobre a autora
Carolzita
Portugal, 46 anos
453 textos (62941 leituras)
5 e-livros (754 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/02/21 13:46)
Carolzita