Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Versos vadios...

 É cedo,
 é cedo ainda
 Dormir um pouquinho mais e sonhar
 é ceticismo?
 Sempre ficam,
 nas paredes encontros,
 no teto, a insônia.
 A poesia também não sacia
 As bailarinas
 em rodopios
 lascivas
 ladinas e lindas
 anjos subtraindo hemácias
 Ai de mim
 que gosto das poesias cruas
 que só pelos versos e está ótimo
 E o pc não ajuda
 ai de mim
 Foi um sonho?
 Se sonhou ou realizou,
 valeu o olho de peixe,
 a falta de um importado
 deixa quieto
 Mas se sonhou acordado
 não durma
 seria um pecado!
 Engulo umas lágrimas de areia,
 faço um esforço danado para não ler poemas que me molham o pc,
 poemas assim
 tal e qual os do Neruda
 Abraços de uma menina que eu não  mais sei onde deixei
 ficou por ai,
 ás vezes me vem aqui tal um colibri e me foge
 sem medos de tempestades
 noites escuras ou frias tardes
 Vejo as da mãe mãos
 lindas,  lindas
 e depois
 dois pratos faltam
 foram tirados
 nem existe mesa mais
 De sete
 setecentos mil a mais
 no mundo do tanto faz
 quem jaz, não sei mais
 se o da fome, cio
 ou do prato farto, rapaz
 mas jaz!
 Há que se conjugar verbos
 Queima, viver queima
 E brotam as rasas covas
 um imenso e infinito jardim,
 velas, velam o luto sem fim
 e nem sei  amanhã de mim...
 Pera,
 vou ali num funeral,
 morreu o filho da vizinha
 e dizem que era marginal
 Sim, enterrado,
 o dever está cumprido,
 viva o povo brasileiro!
 Oras,
 nasceu robusto, corado,
 bonito e sadio,
 só um pezinho do curumim
 Pergunta-se:
 foi engessado?? Operado??
 Está perfeito!! Lindão!!
 Triste Bia, doce Bia!!
 É vero...
 Escolhas
 dentre todas
 optei pela solidão e paz!
 Escolhas??
 Cá estou pagando e nem da bagunça participei
 Sem palavras
 Ante as provas dos fatos
 podemos dividir,
 parcelar sei, lá,
 mas que de estrelas e luares
 jamais penses  ficar...
 Um Abraço.

 
Dorothy Carvalho
Dorothy Carvalho
Enviado por Dorothy Carvalho em 02/09/2011
Reeditado em 29/09/2020
Código do texto: T3196803
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Dorothy Carvalho
Porangatu - Goiás - Brasil
430 textos (58638 leituras)
1 e-livros (93 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/20 12:25)
Dorothy Carvalho