Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VINHO TINTO e BRANCO

Por mais que eu ande pelo fogo
Meu coração de papel sempre renasce das cinzas
Ele não reconhece, mas perder faz parte da vida
Um dia perfeito com o ar rarefeito caindo uma tempestade
Uma tempestade de raios de sol
E eu queria mais flores no meu quintal
E se calaram as vozes do mundo diante da idéia que
Perfeição é uma palavra esperando tradução...
Pra ficar legal, eu quero mais vinho tinto.
Todo mundo quer ser feliz, eu só quero mais vinho branco
               As flores estão secando na primavera
               A alegria sem tristeza não se completa
               E difícil ser correto quando o mundo incomoda com contrário
              Eu reguei meu jardim com vinho pro - seco...
O passado sempre assombra o presente, desistir é tão importante
Quanto perder, eu me julguei sincero e estava completamente enganado
O tempo não pára e o mundo da voltas, na teoria tudo fica mais simples
E preciso sempre ter um plano B
È preciso ter sorte
Era preciso se desesperar?
Eu fiz papel de bobo e tive que passar mais tempo comigo
Pra ficar legal, eu quero mais vinho...e um pouco de carinho
È preciso falar de sinceridade
È preciso falar de amizade
Era preciso relembrar o passado?
Olha minha cara de mal, que motivos eu tinha pra agir
De forma irracional? Alguém entrou pela porta da frente
Era minha cara metade, na verdade eu preciso de um pouco mais de vinho...
Eu preciso beber um pouco mais daquele vinho barato que faz
Tanto mal...
Pablo Candido
Enviado por Pablo Candido em 10/02/2007
Código do texto: T377090

Comentários

Sobre o autor
Pablo Candido
Trindade - Goiás - Brasil
25 textos (1589 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/20 04:06)