Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
FASES DA VIDA E DA ALMA


 
Eu  sempre me vejo  na criança que brinca,
mas,também desejo,ser o ancião que repousa.
Também sou o potencial da semente semeada,
mas, também sou produto, da colheita já ceifada.
Sou a contínua esperança que a cada dia, desejo,
mas, também sou fim de um ato, que chega ao final.
Sempre imagino vivendo no mundo repleto de beleza,
mas, também sei que viverei alguns momentos de incerteza.
Gostaria de ver o mundo todo, em harmonia permanente,
mas, entristeço-me  ao ver o homem, agir como demente.
São tantos contrates na vida, e desejos que eu não realizei,
e também responsável, por  todas as dores que causei.
Se eu pudesse faria tudo de novo, de modo diferente,
mas, eu sempre repito os mesmos erros, novamente.
Eu sou ainda a mesma criança que precisa de ajuda,
eu também sou um ancião que precisa de um guia.
Eu quero ficar sempre consciente desta mudança,
se chegar a ficar velho,meu desejo é ser criança.
Terei sempre o potencial da semente semeada,
mas, desejo paz ao chegar no fim da estrada.


 
 
01/09/2013-VEM

 



 
Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 09/09/2013
Reeditado em 11/07/2016
Código do texto: T4474132
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (122098 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/03/21 08:40)
Vanderleis Maia