Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARTA ABERTA AO POETA.

CARTA ABERTA AO POETA.
(Sávio Assad)
O que você pensa que é, escrevendo deste jeito?
Adentrando meus sentimentos e implorando para eu pensar?
Não quero pensar, não quero parar de te ler,
E remoer este rodamoinho encalhado, dentro de mim.
Venha com a sua corrente de água destravar,
Tudo que esta emperrado e secreto.
Saia da minha vida e não me perturbe mais.
Não quero te ler, não quer te imaginar,
Me revirando de cabeça para baixo, mais não consigo.
Entraste na minha de mansinho,
Me falando palavras de amor, de sabor
Agora me dilacera o coração, sem pudor.
Te imploro me deixes, te imploro ficas comigo.

Niterói – Rj -  11/03/2015
Sávio Assad
Enviado por Sávio Assad em 11/03/2015
Reeditado em 11/03/2015
Código do texto: T5166412
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sávio Assad
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
432 textos (29868 leituras)
19 áudios (1392 audições)
4 e-livros (106 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 22:45)
Sávio Assad